Fu Bao foi o nome escolhido para identificar o primeiro panda a nascer na Coreia do Sul. Ainda que o nascimento tenha acontecido em agosto, a notícia só foi conhecida em novembro e a primeira apresentação pública do animal ao país aconteceu apenas nos primeiros dias de janeiro. O compasso de espera teve como objetivo permitir que o animal conseguisse andar e alimentar-se de bambu antes da sua primeira aparição pública.

O panda Fu Bao, cujo nome traduzido para português significa qualquer coisa como "tesouro da sorte", nasceu no final de agosto e desde o início que os cuidadores o identificaram como uma fêmea "saudável, feliz e relativamente envergonhada", segundo o "Daily Sabah", o jornal inglês mais vendido na Turquia.

Estes são os maiores cães (e mais fofos) que vai ver hoje
Estes são os maiores cães (e mais fofos) que vai ver hoje
Ver artigo

Os pandas-gigantes são uma das espécies mais ameaçadas e em vias de extinção em todo o mundo, pelo que o nascimento de um panda-bebé é sempre motivo de celebração. Especialmente porque os pandas fêmea só podem engravidar uma vez por ano e, regra geral, os pandas-bebé têm hipóteses reduzidas de sobreviver por nascerem prematuramente e pesando menos de 200 gramas.

Talvez isso tenha motivado que Fu Bao fosse mostrada publicamente por duas vezes — em primeiro lugar, em novembro, aos jornalistas; e à generalidade do público, em janeiro, através de visitas ao jardim zoológico onde está a ser acompanhada por uma equipa de tratadores e cuidadores especializados.

O nome de Fu Bao foi escolhido por mais de 50 mil pessoas através de uma lista composta por vários nomes sugeridos pelo jardim zoológico.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.