Os jogadores das equipas romenas vão entrar em campo nos jogos da próxima época da primeira divisão sempre com um cão ao colo. A iniciativa diz respeito ao projeto da Federação Romena de Futebol "encha o vazio da sua vida" (em português), que aconteceu pela primeira vez no jogo entre o Steaua de Bucareste (FCSB) e o Dinamo, a 12 de setembro, segundo o jornal "Ruetir". A ideia é sensibilizar para o fim do abandono e apelar à adoção dos cães que residem em abrigos.

Os animais que estrearam a iniciativa do distrito de Ilfov pertencem ao canil público de Brănești, que podiam sair do jogo já com uma nova casa. Isto porque o objetivo, além de representarem uma causa, era que ganhassem uma nova família, seja na casa de um adepto ou de um telespectador. Para que tal fosse possível, os animais levavam ao pescoço um lenço com o nome inscrito para facilitar a identificação do cão que os espetadores do jogo pretendessem adotar.

Este cão foi rejeitado por três donos. Agora, é um dos melhores cães polícia e especialista em droga e armas
Este cão foi rejeitado por três donos. Agora, é um dos melhores cães polícia e especialista em droga e armas
Ver artigo

A estratégia vai manter-se nos próximos jogos, durante os quais não pode haver fogo de artifício ou bombas de fumo nas bancadas para não assustar os animais. O primeiro momento foi amplamente partilhado e aplaudido nas redes sociais.

Não é a primeira vez que a Federação Romena de Futebol envolve-se em projetos de defesa dos animais, o mesmo aconteceu em 2017 quando os jogadores do clube chileno Colo-Colo usaram cães como mascotes para, mais uma vez, consciencializar para o abandono animal. As iniciativas da federação de futebol vêm amenizar e mostrar mudanças na Roménia, país que há oito anos aprovou a execução de centenas de cães de rua.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.