Lembre-se. É importante e faz todo o sentido. Quando assinar documentos legais, não abrevie o ano de 2020, sugere o departamento de polícia de East Millinocket, no estado do Maine, dos Estados Unidos.

Em causa está o potencial de falsificação e fraude de documentos, no caso de utilizar a abreviatura "20":  "3 de março de 2020 pode ser modificado para 3 de março de 2017 ou 3 de março de 2018", diz a polícia, num comunicado emitido no Facebook.

Não abrevie 2020 quando assinar documentos, aconselham as autoridades

Ou seja: alguém pode adicionar ou modificar os dígitos do ano assinado. "Isso pode economizar alguns problemas no futuro", diz o departamento.

"Proteja-se. Não abrevie 2020", sugerem as autoridades.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.