Um evento preparado ao pormenor, com recurso a celebrações virtuais e com poucas presenças físicas em frente à Casa Branca por questões de segurança. Será assim a tomada de posse de Joe Biden que assume, esta quarta-feira, 20 de janeiro, a presidência de um país dilacerado pela violência perpetuada por Donald Trump e seus apoiantes, mas também pela dura batalha contra a pandemia.

Talvez por isso o momento seja, mais do que nos outros anos, tão importante e simbólico. Numa altura em que especialistas acreditam que a América demorará "vários anos" até conseguir recuperar das mazelas deixadas pela administração Trump, o que Joe Biden promete é, essencialmente, trazer de volta a dignidade de um país e de um povo magoado e dividido.

O adeus a Donald Trump. 13 momentos que marcaram quatro anos de sobressalto
O adeus a Donald Trump. 13 momentos que marcaram quatro anos de sobressalto
Ver artigo

Por isso, espera-se que a tomada de posse do Democrata Joe Biden possa bater recordes de visualizações um pouco por todo o mundo. Além de marcar uma mudança de paradigma no país e no mundo, será também a primeira vez que o cargo da vice-presidência dos EUA é ocupado por uma mulher e, mais especificamente, por uma mulher negra — Kamala Harris.

A 59.ª Inauguração Presidencial vai arrancar, oficialmente, a partir das 15h30, hora de Portugal. Será nesse instante que terão início das cerimónias de juramento tanto de Joe Biden como de Kamala Harris em frente ao Capitólio, seguido dos discursos de ambos.

Onde ver a tomada de posse em direto?

O evento vai poder ser visto, na íntegra, através das várias plataformas de streaming que se disponibilizaram para transmitir o evento para todo o mundo com o aval da equipa responsável pela comunicação de Joe Biden e Kamala Harris.

Atiçados por Donald Trump, manifestantes invadem Capitólio para sabotar transição de poder
Atiçados por Donald Trump, manifestantes invadem Capitólio para sabotar transição de poder
Ver artigo

Isto significa que poderá ver a tomada de posse através do canal oficial da presidência de Biden em plataformas como o YouTube, o Facebook, o Twitter e até mesmo a Twitch, geralmente utilizada para a partilha e divulgação de produtores de conteúdo sobre videojogos. Tudo isto, claro, sem publicidade ou intervalos, uma vez que será a transmissão original e sem qualquer canal de televisão americano como intermediário.

No que toca aos canais portugueses, poderá ver diretamente na TVI 24, que dedicou um segmento da sua programação para a cobertura da tomada de posse. A emissão especial, que contará com a presença de jornalistas da TVI em Washington, tem arranque previsto para as 16 horas e deverá terminar às 17h55.

Também a SIC Notícias vai estar no local, e em estúdio, a acompanhar o evento a partir das 15 horas. O comentário e condução principais da emissão estarão a cargo dos jornalistas Miguel Ribeiro e Teresa Dimas, soube a MAGG junto de fonte oficial da SIC.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.