Continuam as buscas por Brian Laundrie, o namorado de Gabrielle Petito. Depois da confirmação de que a jovem de 22 anos foi vítima de homicídio, Brian Laundrie foi declarado uma "pessoa de interesse" pelos investigadores. O jovem continua desaparecido, mas os pais garantem não ter qualquer informação relativa à sua localização.

Corpo encontrado pertence a Gabrielle Petito. Médico legista confirma que se trata de homicídio
Corpo encontrado pertence a Gabrielle Petito. Médico legista confirma que se trata de homicídio
Ver artigo

“Chris e Roberta Laundrie não sabem o paradeiro de Brian”, garantiu o advogado da família, Steve Bertolino, declarações à revista “People". Até esta terça-feira, 28 de setembro, Brian Laundrie continua desaparecido, tendo sido visto pelos pais, pela última vez, no passado dia 14.

O desaparecimento de Gabrielle Petito foi comunicado às autoridades pela família a 11 de setembro, depois da jovem não ter regressado com o namorado Brian Laundrie, de 23 anos, da viagem que se encontravam a fazer de autocaravana desde julho, pelos Estados Unidos. A 1 de setembro, o namorado regressou a casa sozinho e recusou-se a colaborar com as autoridades, tendo desaparecido, depois de ter sido identificado como "pessoa de interesse" no caso.

"[Os pais de Brian] estão preocupados com o filho e esperam que o FBI o consiga localizar", acrescentou Steve Bertolino à mesma publicação, esclarecendo que as especulações de que Chris e Roberta Laundrie terão sido cúmplices do desaparecimento do filho são totalmente falsas.

"Se [Brian] estiver vivo, está no meio da natureza"

Depois de ter alegadamente saído de casa dos pais para "passar uns dias" fora, Brian Laundrie não regressou. Ao fim de nove dias de buscas, a polícia de North Point decidiu dar prioridade à investigação em pontos específicos da Reserva Carlton, no estado da Flórida. Uma fonte próxima da família revelou que os pais "temem pela vida do filho", depois deste ter saído sem telemóvel ou carteira, avança a CNN.

Um local norte-americano que reside junto à Reserva Carlton garante não acreditar que Brian Laundrie pudesse sobreviver nos pântanos, avança o jornal britânico "The Independent". No entanto, a melhor amiga de Gabrielle Petito afirma que Brian Laundrie consegue viver meses a fio”no meio da natureza, sendo que  já o fez no passado.

Gabrielle Petito despareceu durante uma viagem com o namorado. Caso está a intrigar os EUA
Gabrielle Petito despareceu durante uma viagem com o namorado. Caso está a intrigar os EUA
Ver artigo

"Ele está no meio da natureza, prometo-vos. Está lá. Se estiver vivo, está no meio da natureza, [Brian Laundrie] já viveu no Apalaches completamente sozinho, durante meses”, revelou a jovem de 21 anos, segundo a TVI24.

Na sequência do desaparecimento de Brian Laundrie, as autoridades pediram à família do jovem de 23 anos para reunir objetos que possam conter o seu ADN. "Os agentes do FBI pediram alguns objetos pessoais de Brian Laundrie para ajudar na correspondência de ADN. Os pais de Brian disponibilizaram [ao FBI] o que puderam", garante o advogado Steven Bertolino, citado pela CNN.

"Não é suposto os pais enterrarem os próprios filhos"

O funeral da Gabrielle Petito teve lugar este domingo, 26, em Long Island, em Nova Iorque, numa cerimónia  aberta ao público. O pai da jovem, Joseph Petito, relembrou tudo aquilo que a filha mais gostava de fazer, descreveu Gabrielle como "uma menina feliz" e, por fim, aproveitou o momento para apelar à segurança dos jovens.

"Quero que a Gabby vos inspire. É isso que pretendemos. (...) Se determinada relação não é a melhor para vocês, afastem-se agora" , frisou o pai de Gabrielle Petito.

O padrasto da jovem, Jim Schmidt, também fez questão de se pronunciar. "Não é suposto os pais enterrarem os próprios filhos. Não é assim que é suposto funcionar", rematou, de acordo com a CNN. Para o padrasto de Gabrielle Petito, a forma como a jovem "aproveitava cada momento neste mundo bonito" deve ser um exemplo para todos.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.