Miguel Milhão, fundador da Prozis, decidiu manifestar-se publicamente sobre a sua posição a favor da regressão da lei Roe vs. Wade nos Estados Unidos, que significa o fim do aborto legal no país — vários estados norte-americanos já proibiram a interrupção voluntária da gravidez. "Parece que os bebés que ainda não nasceram têm os seus direitos de volta nos Estados Unidos! A natureza está a curar-se!”, escreveu no perfil de LinkedIn.

Prozis. Influenciadoras cancelam parceria com marca depois de posição de fundador sobre aborto
Prozis. Influenciadoras cancelam parceria com marca depois de posição de fundador sobre aborto
Ver artigo

Desde esse momento, o fundador e a empresa estão a ser criticados em todas as redes sociais, desde o Twitter ao Instagram. Ainda no mundo digital, várias influenciadoras digitais estão a terminar as parcerias com a empresa devido aos valores defendidos por Miguel Milhão.

A marca ainda não se pronunciou sobre o tema, mas já está a tomar medidas de proteção. Na página de Facebook, que conta com quase 700 mil gostos, os comentários dos utilizadores foram limitados.

A penúltima publicação feita na rede de Mark Zuckerbeg promove um material de desporto, onde existem 22 comentários. Mas apenas é possível ver um e a rede social informa que a “Prozis limitou quem pode comentar nesta publicação”.

prozis facebook

Outro exemplo é referente a um vídeo a anunciar os descontos, que foi publicado às 8h desta segunda-feira, 27 de junho, onde não é permitido comentar. Mas, entre as 31 reações, dez pessoas colocaram o emoji de “ira”.

Na rede social vizinha, o Instagram, a história repete-se. Quase nenhuma publicação apresenta comentários e os que surgem apenas são alusivos ao produto promovido e sempre positivos.

Contudo, neste momento, não é possível comentar nenhuma publicação no Instagram da marca — seja no perfil nacional ou internacional. Nas várias publicações, a rede social informa que “os comentários foram desativados"

Até agora, a única rede social da marca que continua livre de qualquer limitação de comentários é o TikTok. Esta é também a rede com menor dimensão da marca, com 3.040 seguidores e pouca interação.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.