O carro onde seguia Eduardo Cabrita, o ministro da Administração Interna, sofreu, esta sexta-feira, 18 de junho, um acidente de viação, resultando na morte por atropelamento de uma pessoa na autoestrada A6 (autoestrada Marateca-Caia). A notícia é dada pelo Ministério da Administração Interna numa nota oficial, segundo cita o jornal "Expresso".

"O acidente em causa foi participado pela Guarda Nacional Republicana [GNR] e será naturalmente investigado, de acordo com os procedimentos em vigor", lê-se no comunicado oficial citado pela mesma publicação.

Covid-19. Mais de metade de novos infetados e internados estão na região de Lisboa e Vale do Tejo
Covid-19. Mais de metade de novos infetados e internados estão na região de Lisboa e Vale do Tejo
Ver artigo

O acidente terá acontecido no regresso de uma deslocação oficial a Portalegre, segundo esclarece uma nota enviada ao jornal "Observador".

A vítima em questão trata-se de um homem de 43 anos que, no momento do acidente, se encontrava a trabalhar, procedendo à manutenção da via, confirmou fonte do Comando Territorial de Évora da GNR à Agência Lusa, citada pelo jornal "Público". O homem ainda terá sido assistido no local, mas não terá resistido aos ferimentos e "acabou por falecer no local", diz a mesma fonte.

As circunstâncias do acidente vão agora ser investigadas pelo Núcleo de Investigação Criminal de Acidentes de Viação do Destacamento de Trânsito de Évora. No comunicado enviado pelo gabinete de Eduardo Cabrita, o ministro "lamenta profundamente o sucedido e apresenta sentidas condolências à família enlutada".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.