Uma criança de dois anos morreu este sábado, 18 de julho, depois de ter caído à piscina de casa na região de Cabanas, em Palmela. Embora o bebé estivesse acompanhado de familiares, ainda não foram apuradas as circunstância do incidente. Este é agora o segundo caso de afogamento mortal em piscinas no concelho de Palmela em apenas um mês.

Embora ainda não se saiba exatamente o que aconteceu, assim que o alerta foi dado, foi acionada, de imediato, uma viatura médica de emergência e reanimação bem como meios da Cruz Vermelha, adiantou fonte do INEM ao "Correio da Manhã". Quando os profissionais de saúde chegaram ao local, a criança já estava em paragem cardiorrespiratória.

Nasceu em Portugal o primeiro bebé infetado com COVID-19 durante a gravidez
Nasceu em Portugal o primeiro bebé infetado com COVID-19 durante a gravidez
Ver artigo

Foram feitas as manobras de reanimação necessárias, mas o óbito acabou mesmo a ser declarado no local — ao qual se deslocaram também psicólogos do INEM para dar apoio aos familiares da criança.

Inicialmente, a Guarda Nacional Republicana assumiu o caso mas por se tratar de uma morte em circunstâncias pouco claras, as investigações vão agora ser assumidas pela Polícia Judiciária, adiantou fonte oficial do Comando Geral da Guarda à mesma publicação.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.