Há mais cinco mortes e 3.677 novos casos de infeção em Portugal pelo novo coronavírus. São estes os dados divulgados este sábado, 17 de julho, pela Direção-Geral da Saúde (DGS), no novo boletim epidemiológico referente à evolução da crise sanitária no País.

Este fim de semana Portugal vai receber um total de 295 mil vacinas da Janssen, de acordo com o anúncio feito pelo coordenador do grupo de trabalho para a vacinação contra a COVID-19 em Portugal, Vice-Almirante Gouveia e Melo. O coordenado adiantou que o reforço de vacinas vai permitir recuperar o ritmo de vacinação e retomar a modalidade casa aberta, após ter sido suspensa devido a casos de desmaio no seguimento da toma da vacina da Janssen no Centro de Vacinação Covid-19 de Mafra.

COVID-19 gera alerta. Camas nos cuidados intensivos aproxima-se do limite máximo
COVID-19 gera alerta. Camas nos cuidados intensivos aproxima-se do limite máximo
Ver artigo

Em declarações à imprensa, o Vice-Almirante disse também que a meta para alcançar a imunidade de grupo não se alterou com o abrandamento no processo de vacinação. "O objetivo de vacinarmos com uma dose 70% da população portuguesa mantém-se de 8 a 15 de agosto", disse.

Este domingo, 17 de julho, foi ainda divulgado um caso positivo de COVID-19 na Aldeia Olímpica, em Tóquio. De acordo com a emissora pública japonesa, NHK, o primeiro caso positivo registado não diz respeito a uma atleta.  A capital do Japão prepara-se para receber os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio 2020 e a cerimónia de abertura do evento está marcada para daqui a seis dias.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.