Depois de semanas de calor, as condições meteorológicas em Portugal vão-se alterar já a partir da tarde desta quinta-feira, 28 de outubro: a chuva vem aí, bem como uma descida gradual das temperaturas máximas.

"O tempo seco e ameno dos últimos dias dará lugar a tempo chuvoso e a uma descida gradual das temperaturas máximas, entre os dias 28 e 31 de outubro", esclareceu o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), de acordo com a Agência Lusa, tal como escreve o "Observador".

Já chega de cadernos arruinados. 15 mochilas resistentes à chuva (e não só)
Já chega de cadernos arruinados. 15 mochilas resistentes à chuva (e não só)
Ver artigo

Assim, o final da semana, bem como o fim de semana e o feriado de segunda-feira, 1 de novembro, vai ser sinónimo de aguaceiros, que se estendem a todo o território continental. É esperado que a chuva chegue logo na quinta-feira às regiões do Minho e Douro Litoral, estendendo-se às regiões norte e centro gradualmente, e ao sul, a partir de sexta-feira.

Em relação a temperaturas, a partir de quarta-feira, 27, as temperaturas mínimas começam nos 11º no Porto, com as máximas a chegarem aos 22º, mas fica mais frio na sexta-feira, 29, com as máximas a não passarem dos 18º.

Já em Lisboa, esta terça-feira, 27, é o último dia com calor (27º de máxima): a partir de quinta-feira, as temperaturas começam a descer, com sexta-feira a ser o dia mais frio — 21º de máxima.

A sul do País, em Faro, o cenário é semelhante e nem o Algarve escapa à descida de temperaturas e à chuva no fim de semana prolongado: para além dos aguaceiros se manterem entre sexta-feira e terça-feira, 2, os termómetros descem até aos 15º de mínimas e 21º de máximas nos próximos dias.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.