Jerónimo de Sousa, já foi operado à estenose da carótida. A cirurgia decorreu na manhã desta quinta-feira, 13 de janeiro, e foi um "êxito", segundo fonte oficial do PCP, citada pela CNN Portugal.

Após terem "sido concretizados os objetivos cirúrgicos", o secretário-geral comunista acordou da anestesia geral e foi iniciado o processo de "vigilância clínica pós-operatória, como previsto para cirurgias desta natureza", pode ler-se na mesma publicação.

Jerónimo de Sousa encontra-se agora nos cuidados intensivos do hospital Egas Moniz.

Jerónimo de Sousa operado de urgência. Líder do PCP substituído na campanha
Jerónimo de Sousa operado de urgência. Líder do PCP substituído na campanha
Ver artigo

A estenose da carótida consiste num estreitamento de uma das artérias que levam o sangue e oxigénio até ao cérebro, que exigiu uma “intervenção cirúrgica urgente" a Jerónimo de Sousa e que não podia "ser adiada para depois das eleições" de 30 de janeiro, conforme anunciado no início da semana pelo PCP.

O problema aumenta o risco de sofrer um AVC (acidente vascular cerebral) e, como tal, a intervenção teve mesmo de ser feita na altura em que decorre a campanha eleitoral para as legislativas.

Jerónimo de Sousa vai ter de ficar afastado da campanha para recuperar durante dez dias, período durante o qual é substituído por João Ferreira e João Oliveira.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.