Inês de Sousa Real, líder do PAN, vai avançar com queixa-crime ao Ministério Público (MP) depois de ter recebido inúmeras ameaças de morte através das suas redes sociais por parte de vários utilizadores. A informação foi dada pela própria deputada na madrugada desta quinta-feira, 16 de setembro.

"Confesso que não compreendo como é que alguém se sente no direito de ofender e ameaçar outra pessoa, pelo simples facto de estar na política e de defender as causas em que acredita. Desde que fui eleita porta-voz do PAN , passei a receber mensagens deste teor", escreve Inês de Sousa Real na sua página oficial de Twitter, através da qual publica algumas das mensagens violentas que recebeu.

"Há sempre alguém pronto a disparar". Afinal, de onde vem o ódio nas redes sociais?
"Há sempre alguém pronto a disparar". Afinal, de onde vem o ódio nas redes sociais?
Ver artigo

Numa delas, lêem-se coisas como: "Ó p..., mete-te a pau com o que dizes, senão vais ser morta." Noutra, outro utilizador escreve: "Metes nojo. És uma merda. És irritante e vales zero. Não tens futuro na política com as tuas ideias de merda, vadia."

Na mesma publicação, a deputada garante não poder aceitar, nem tolerar, "que alguém se sinta no direito de ameaçar, ofender ou até procurar coagir".

"Não só me calarei, como não serei eu a ter cuidado com o que digo, porque digo e defendo aquilo em que acredito sempre dentro do espectro democrático e do respeito pelos demais." É por isso, escreve, "que todas estas mensagens vão ser devidamente encaminhadas para o MP, pelas injúrias, ameaças e tentativas de coação".

"Estar na política e defender as causas em que acreditemos, independentemente das diferenças ideológicas que podemos ter em relação aos outros, é pôr-nos ao serviço do bem comum. Estas mensagens são apenas puro ódio destilado, mas que não podem passar inconsequentes", conclui a deputada.

A MAGG tentou contactar a deputada e líder do PAN, mas não obteve retorno até à publicação deste artigo.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.