A mãe do bebé de 4 meses que deu entrada no início do mês no hospital de São João no Porto, com lesões cerebrais muito graves, veio defender-se das acusações de maus tratos de que tem sido alvo.

"Eu não maltratei o meu filho, a verdade vai vir ao de cima. Tudo que o dizem é mentira, era incapaz de fazer mal ao bebé, dou a vida por ele, preferia estar eu no hospital do que o meu filho”, escreveu Beatriz Matos, de 19 anos, no Facebook. "Ele era bem cuidado e tinha todo o amor e carinho que se lhe podia dar, nunca lhe faltou nada", continuou.

A mãe de Santiago, assim como o namorado (que não é o pai biológico), estão a ser investigados pela Polícia Judiciária de Vila Real, que já conhecia Beatriz Matos desde que em 2016, com 12 anos, esteve envolvida num crime cometido pela mãe.  "Não tive um bom passado, mas do meu passado não tive culpa. A coisa que tenho mais preciosa na vida é o meu filho", defendeu-se Beatriz.

Bebé de 4 meses terá sido vítima de maus tratos pelos pais. Pode ficar cego e sem movimentos nas pernas e braços
Bebé de 4 meses terá sido vítima de maus tratos pelos pais. Pode ficar cego e sem movimentos nas pernas e braços
Ver artigo

O testemunho do pai de Beatriz vai ao encontro da publicação da jovem mãe, na qual mostra preocupação para com o bebé. "Ela telefonou-me a chorar e disse que tinha ligado para o INEM porque o bebé não estava bem, não respirava. Até agora nunca mais tive grandes contactos com ela”, disse, de acordo com o "Correio da Manhã"..

Apesar de, na versão da mãe, o bebé estar "bem e estável", segundo o hospital, a criança encontra-se ainda em coma, "com um quadro clínico considerado muito grave e com prognóstico reservado".

Só a investigação poderá revelar o que realmente aconteceu ao bebé de 4 meses. O que é certo é que apareceu no hospital sujo e com lesões antigas e os pais com sinais de sarna (doença de pele contagiosa provocada, no homem, pela presença do ácaro Sarcoptes scabiei), avança o mesmo jornal.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.