Para os adultos, entrar num centro comercial no Natal é sinónimo de ir à procura de presentes para a toda a família, mas as crianças sentem uma magia diferente.

Além das centenas de luzes e decorações que alegram os corredores por onde se passa, o espaço feito a pensar nos miúdos — onde, há anos, estes têm a oportunidade de estar com o Pai Natal, e pedir os seus maiores desejos — é sempre motivo de deslumbramento. No ano passado, com a pandemia o senhor reconhecido em todo o mundo pelas suas longas e macias barbas brancas teve de ficar em teletrabalho, e este ano assim vai continuar.

Bola de Berlim combina com Natal? Sim, e pode encontrar as do Pão da Vila ao lado do bolo-rei
Bola de Berlim combina com Natal? Sim, e pode encontrar as do Pão da Vila ao lado do bolo-rei
Ver artigo

Até 24 de dezembro, as crianças de todo o País têm a oportunidade de estar em videochamada com o Pai Natal, através da plataforma Zoom, para poder pedir desejos ou simplesmente falar sobre o que lhes apetecer. Esta é uma iniciativa que abrange os 16 centros comerciais geridos pela Sonae Sierra, nos quais se incluem o Centro Colombo, Vasco da Gama, NorteShopping e AlgarveShopping, entre outros, e que pretende manter a tradição, mas em segurança.

"As conversas com as crianças através da plataforma Zoom foram um sucesso no ano passado, pelo que optámos por adotar a mesma estratégia, evitando contactos físicos e sem comprometer o Natal em tempos de pandemia", explica em comunicado Joana Moura e Castro, diretora de marketing da Sonae Sierra em Portugal.

As conversas são gratuitas e podem ser agendadas através dos sites dos 16 centros comerciais abrangidos. Durante a semana, o Pai Natal encontra-se disponível ao final da tarde e aos fins de semana e feriados num período mais alargado. Após agendada a conversa, é enviado um email ou sms de confirmação com o link de acesso à videochamada.

No final, existe ainda a possibilidade de pedir um postal com uma dedicatória e um QR code com um vídeo do Pai Natal para cada criança.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.