Durante três dias, Portimão vai viver dias loucos. É que, além de receber o que de melhor se come neste País, vão dar uma reviravolta ao comércio local. Não se admire se encontrar um prato com camarões à venda numa loja de desporto.

Ana Músico e Paulo Barata — dupla da agência Amuse Bouche — viram esta ideia acontecer originalmente em Vico Equense, uma comuna italiana da região da Campania. Lá, na Festa Vico, misturavam-se negócios e comerciantes e a comida era servida nos lugares mais inusitados, como oculistas ou lojas de roupa.

Ao trazer a ideia para Portugal, escolheram Portimão como palco para três dias de festa, com chefs de cozinha de todo o País, mas também aqueles que durante todo o ano lutam para a promoção da gastronomia local.

O Arrebita Portimão acontece a 21, 22 e 23 de agosto e o desafio aqui é servir street food em modo grab & go, mas fora dos restaurantes. Os pratos — com preços entre os 5€ e os 8€ — vão ser feitos com produtos locais e servidos nas lojas localizadas no centro de Portimão. As lojas aderentes vão estar abertas no seu horário habitual, mas estendem a hora de fecho até às 23h30.

Arrebita Portimão

Henqirque Sá Pessoa é dos chefs a marcar presença, que vem acompanhado das grandes promessas da gastronomia em Portugal, como é o caso do Pedro Abril (Chapitô à Mesa, Lisboa), Vítor Adão (Plano, Lisboa), Bernardo Agrela (East Mambo, Lisboa), Carlos Teixeira (Herdade do Esporão, Reguengos de Monsaraz), Tiago de Lima Cruz (ex-Taberna Sal Grosso), Mateus Freire (Faz Frio, Lisboa) e Manuel Lino (Audaz Gastropub, Lisboa), Angélica Salvador (IN Diferente, Porto), Natalie Castro (Isco, Lisboa), Marcella Ghirelli (Comida Independente, Lisboa) e Leonor Godinho (Musa da Bica, Lisboa).

De forma a garantir todos os critérios de segurança, assegurados por uma comissão de avaliação criada pela Câmara Municipal de Portimão que integra a Proteção Civil, a Direção Geral da Saúde (DGS), a Polícia de Segurança Pública (PSP) e os Bombeiros, a entrada do público é limitada à lotação do recinto – entenda-se como recinto as duas ruas principais, a Vasco da Gama e a do Comércio. A degustação dos pratos deverá, por isso, ser feita fora do recinto de forma a permitir que todos os presentes consigam provar os pratos criados pelos chefs.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.