A Polícia de Segurança Pública (PSP) já identificou os suspeitos do ataque à família de Sérgio Conceição. O treinador do Futebol Clube do Porto seguia no carro com a mulher e com os dois filhos quando foi apedrejado à saída do Estádio do Dragão.  O ataque ocorreu na noite da passada terça-feira (13 de setembro) depois da derrota dos "dragões" frente ao Club Brugge para a Liga dos Campeões.

Mulher e filhos de Sérgio Conceição em perigo após derrota do FC Porto. Carro foi apedrejado
Mulher e filhos de Sérgio Conceição em perigo após derrota do FC Porto. Carro foi apedrejado
Ver artigo

A PSP revela, numa nota enviada aos meios de comunicação social, "foi possível identificar os suspeitos do apedrejamento, tendo esse facto sido participado às entidades judiciárias competentes”. Os projéteis acabaram por partir os vidros da viatura e atingiram a mulher e um dos filhos do técnico, enquanto se ouviam insultos de adeptos.

Por voltas das 23 horas, Liliana Conceição, esposa de Sérgio Conceição, saiu do recinto com os dois filhos, Rodrigo, de 22 anos, e José, de 7. O ataque deixou a família aterrorizada. O clube lamentou, num comunicado dado na passada quarta-feira (14 de setembro), a "falta de proteção das autoridades", apelando que os autores do crime sejam responsabilizados.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.