Abriu esta quarta-feira, 26 de maio, a primeira loja Continente sem caixas. Aquele que é o primeiro supermercado sem caixas em Portugal está localizado na rua D. Filipe de Vilhena, perto do Arco do Cego, em Lisboa, é dos poucos no mundo que fazem uso deste tipo de tecnologia avançada que permite ao cliente entrar, pegar no que quer levar e sair sem que esse processo implique passar os produtos por um leitor.

Para que isso seja possível, a loja, de cerca de 150 metros quadrados, dispõe de mais de 200 câmaras e sensores que, estrategicamente colocados nas prateleiras, permitem identificar sempre que um produto é retirado. O pagamento é feito automaticamente à saída da loja sem que tenha de abrir a carteira ou passar cartões em leitores. Como? Associando o seu cartão bancário à aplicação Continente Labs, criada especificamente para o efeito, e disponível para telemóveis Android e iOS.

Liberte o Homer Simpson que há em si: os donuts americanos da Dunkin' estão no Continente
Liberte o Homer Simpson que há em si: os donuts americanos da Dunkin' estão no Continente
Ver artigo

A tecnologia de tecnologia artificial, desenvolvida pela startup portuguesa Sensei, é muito semelhante à usada nas lojas sem caixas da Amazon, nos EUA, desde meados de 2018 e foi pensada ao mais ínfimo detalhe.

Ainda que as câmaras não tenham capacidade de reconhecimento facial, como acontece numa loja semelhante na China, a presença de um cliente na loja é registada através de um número aleatório (atribuído assim que o cliente passa, no leitor à entrada, o código QR que é gerado dentro da sua aplicação Continente Labs).

Embora os sensores registem todos os produtos que são retirados das prateleiras, é possível fazer compras acompanhado sem que isso signifique pagar duas vezes pelo mesmo produto: bastando, para isso, passar o mesmo código à entrada de duas pessoas. Isto vai fazer com que os produtos escolhidos, e retirados das prateleiras, por ambos, sejam adicionados a um carrinho virtual único.

Uma vez escolhidos todos os produtos, basta sair da loja. É assim tão simples. Uma vez que precisa de ser utilizador das apps Cartão Continente e Continente Labs — e ter ativadas as funções Continente Pay e fatura eletrónica —, o valor total da compra será automaticamente debitado do cartão sem que tenha de o passar por um leitor ou esperar numa fila para pagar.

A fatura eletrónica é enviada de imediato e poderá conferir tudo o que pagou. No caso de cobrança indevida, por um artigo que não levou consigo, por exemplo, pode reclamar dentro da aplicação para que o dinheiro lhe seja reembolsado assim que a empresa verificar as imagens da compra — sendo que as câmaras apenas filmam as interações do cliente com a prateleira.

"Black Mirror" chega à vida real na China
"Black Mirror" chega à vida real na China
Ver artigo

"Guardamos as imagens de interação [entre o cliente e a prateleira] durante o período de devolução normal de 15 dias, até porque somos obrigados pelo próprio RGPD [Regulamento de Proteção de Dados]", explica Frederico Santos, da SONAE, à Agência Lusa, citada pelo "Sapo 24", que garante que a "confidencialidade do cliente é garantida".

A loja, que será inaugurada esta quarta-feira, vai estar a funcionar durante seis dias por semana das 12 às 21 horas. A ideia é que, terminada esta fase inicial, o horário de funcionamento seja alargado.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.