Hoje em dia, todos nós temos consciência dos danos que o consumo desenfreado provocam no meio ambiente, e praticamente todos os setores têm feito um esforço para reduzir a sua pegada ecológica, bem como para se tornarem mais sustentáveis — e a indústria da beleza e da cosmética não é exceção.

Nos últimos tempos, temos assistido a um esforço das grandes marcas para retirarem compostos nocivos das fórmulas dos seus produtos, bem como uma aposta em segmentos naturais e vegan. E a par com os gigantes da cosmética, cada vez são mais as marcas pequenas que nascem com o objetivo de apostar nas políticas de clean beauty.

Skincare a partir de 5€? A Catrice tem uma linha de séruns vegan e bem económicos
Skincare a partir de 5€? A Catrice tem uma linha de séruns vegan e bem económicos
Ver artigo

Mas, atenção: não tem de ser vegan ou completamente extremista para aderir à tendência, até porque o caminho faz-se de pequenos passos. Mesmo que nunca tenha prestado grande atenção às fórmulas dos produtos ou se as marcas testam em animais, pode começar justamente por aí.

Tente adquirir produtos cruelty-free e perder alguns minutos a informar-se sobre a composição dos seus produtos de beleza. Por vezes (e nem sempre isso significa gastar mais dinheiro), a marca que sempre comprou já lançou uma linha bio, mais natural, e sem perder a eficácia.

Lava o cabelo todos os dias? Intercale o seu champô de eleição com um sólido, e experimente. São úteis para viagens, devido ao formato mais pequeno, e por terem menos água na sua composição do que os produtos de limpeza tradicionais, dão mais volume aos fios. Pode também trocar a sua escova de dentes de plástico por uma de bambu e cerdas naturais, e apostar em discos reutilizáveis (e laváveis na máquina) para retirar a maquilhagem.

Na fotogaleria, espreite 10 produtos de beleza, vegans e com composições naturais, que não comprometem eficácia, e são muito mais amigos do ambiente. Comece por trocar um ou outro passo da sua rotina, e vai ver que não se arrepende.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.