Quem conhece a Dior, associa a marca francesa a luxo, a vestidos usados por celebridades e a desfiles aos quais toda a gente quer assistir. Apesar de não ser possível, pode ter uma experiência de luxo com a Dior mesmo sem sair de casa.

Para os mais desatentos, a juntar à marca de roupa, aos perfumes e à maquilhagem, a Dior tem também uma extensa linha de cuidados de beleza. E foram exatamente o resultados conseguidos com esses produtos que foram apresentados em fevereiro, num evento da marca em Madrid no qual a MAGG marcou presença.

Um dos problemas que mais preocupa as mulheres são os sinais de envelhecimento que se traduzem em rugas, em pele baça, com menos brilho e algumas manchas. São muitos os tratamentos que existem no mercado, uns mais eficientes que outros, mas a Dior vem mostrar que nem só de peças de moda se faz uma das casas mais conhecidas do mundo.

Nova loja de Christian Dior no El Corte Inglés é única no País
Nova loja de Christian Dior no El Corte Inglés é única no País
Ver artigo

A nova queridinha da marca é a linha Capture Totale – que foi reformulada e traz produtos mais eficazes. E a eficácia traduz-se em várias áreas. Primeiro a marca trabalha com o segundo maior centro de investigação na Europa, o que por si já traz alguma segurança. Por outro lado, a marca assenta na “ciência floral”. E o que quer isto dizer? Que é a própria Dior a cultivar as plantas que precisa como ingredientes para os produtos – só assim conseguem 100% de certeza de que sabem o que as flores contém.

Por outro lado, a marca está empenhada a lutar pelo ambiente. Nesta reformulação da linha Capture Totale, o volume das embalagens foi reduzido e as embalagens que requerem vidro foram feitas exclusivamente com vidro reciclado. A juntar a tudo isto, as tintas usadas para decoração são de origem vegetal.

Mas vamos ao que interessa. O que torna esta linha tão eficaz?

Para responder a essa pergunta, a MAGG foi ouvir Edouard Mauvais-Jarvis, diretor de comunicação científica e ambiental da marca. “A linha Capture Totale é uma das melhores no universo anti-idade da Dior”, começou por explicar. Por esta razão, só fazia sentido aplicar os resultados de uma investigação levada a cabo pela marca e pelo prémio Nobel da medicina em 2012, Shinya Yamanaka, nestes produtos.

Uma das razões para que a pele envelheça é a falta de oxigenação. Por isso era necessário encontrar soluções naturais para que não fosse perdida tanta energia da pele – e evitar assim os sinais de idade. Para isso, e porque esta linha tende a ter muitos elementos orgânicos, a Capture Totale engloba quatros flores essenciais: a longoza de Madagáscar, a peónia chinesa, o lílio branco e o jasmim branco. Resultado? Mais energia, uma regeneração da pele e um maior fortalecimento da mesma. Porque, afinal de contas, "os cuidados de beleza são a nova maquilhagem".

A linha conta com quatro produtos: um creme hidratante, uma loção, um sérum e ainda um produto de limpeza facial. A Capture Totale já se encontra à venda em Portugal desde 17 de fevereiro.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.