Existem as franjas encaracoladas como a de Selena Gomez, ou as mini franjas como a de Emma Watson. Mas esta moda há muito que saiu das linhas que delimitam a passadeira vermelha de Hollywood. Na rua e nas redes sociais, é ver cada vez mais mulheres a adotar este corte que se vai sempre reinventado ao longo dos anos.

A MAGG foi falar com hair stylists para perceber de que forma pode adotar a franja como corte para este ano, e as opções são muitas.

Lúcia Piloto lembra que os anos 70 estão a ter um grande comeback no mundo da moda este ano, por isso, é natural que esta tendência se reflita também nos cortes de cabelo. "Foi uma década repleta de penteados marcantes como a icónica franja em cortina da Jane Birkin, pelo que podemos esperar agora uma nova versão com um twist mais moderno e atua", lembra a cabeleireira. Uma franja pode ser um grande aliado em qualquer look, lembra, e talvez por isso a adesão em massa a esta tendência. "É um corte que facilmente se adapta a diferentes estilos e gostos, podendo ser usada tanto para dar um ar mais jovem e arrojado como para dar um ar sofisticado e elegante", refere. Contudo, para garantir um bom resultado é essencial fazer um enquadramento do rosto com as características do cabelo, como o seu comprimento, textura e corte. "A grande vantagem das franjas é a sua versatilidade, que permite diferentes interpretações que se adaptam a todos os tipos de rosto e comprimentos de cabelo", conclui.

Ainda nesta linha de adaptação do corte a cada rosto, de acordo com Susana Lopes, as franjas estão em voga, especialmente em cabelos compridos. Esses, devem optar por uma franja arredondada, grande e ligeiramente aberta ao meio.

O Hair Studio Gémeas admite que as franjas são a maior tendência deste ano. E ainda que possam ser curtas, médias ou compridas, as cabeleireiras de Évora começam com a franja estilo “cortina” para analisar o rosto do cliente e o formato adequado. A partir daí, decidem qual o tipo de franja mais adequado, que pode até servir como corte estratégico para dar outra vida ao rosto. Numa cara com testa comprida, uma franja curta é a mais aconselhada, já as alongadas ficam bem em rostos redondos. O rosto oval, por norma, é versátil e qualquer estilo poderá ficar bem.

A cortar esta linha está o salão de cabeleireiro Moscow Beauty Bar, cujos hair stylists garantem que se está a perder o interesse pelas franjas. "Nos últimos anos, especialmente na década de 80/90, as franjas estavam muito em voga, as estrelas de cinema usaram-nas muito, e por isso as mulheres seguiram esses passos. Hoje as franjas muito grossas já não estão mais na moda, mas as mulheres adoram os estilos Birkin e Shaggy. Ah, e também as franjas encaracoladas entraram no palco".

Se ainda está indeciso e gostava de descobrir mais sobre o tipo de franjas que pode escolher, veja a nossa fotogaleria com algumas inspirações. Existe um mundo de escolhas por explorar e, segundo os especialistas, é um corte primaveril, por isso, ainda vai a tempo.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.