O júri, composto por sete civis, decidiu unanimemente que Amber Heard é culpada do crime de difamação. O veredicto foi anunciado esta quarta-feira, 1 de junho, ao terceiro dia das alegações finais do julgamento.

Depp contra Heard. Quase 2 meses depois, ainda não há veredicto. Jurados continuam com dúvidas
Depp contra Heard. Quase 2 meses depois, ainda não há veredicto. Jurados continuam com dúvidas
Ver artigo

Amber Heard vai ter de pagar ao ex-marido 10,35 milhões de dólares (cerca de 9,7 milhões de euros) por "danos compensatórios" e "danos punitivos". O ator, por seu turno, vai ter de indemnizar a ex-mulher com 2 milhões de dólares (1,9 milhões de euros), no contra-processo de difamação. 

Johnny Depp processou a ex-mulher, a também atriz Amber Heard, por difamação, e pedia uma indemnização de 50 milhões de dólares (47 milhões de euros). Em causa estava um editorial publicado no jornal norte-americano "The Washington Post", em dezembro de 2018, com o título "Falei publicamente sobre violência sexual - e enfrentei a ira da nossa cultura. Isso tem de mudar".

Amber Heard, por seu turno, contrapropôs uma indemnização de 100 milhões de dólares (94 milhões de euros) por alegados rumores criados pela equipa de Johnny Depp, que afetaram a sua reputação e carreira.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.