Mais de um ano e meio depois de ter dado entrada no Hospital Garcia de Orta, em Almada, na sequência de uma infeção grave que o deixou entre a vida e a morte, Ângelo Rodrigues volta ao bloco operatório para ser submetido a uma "delicada cirurgia".

Ângelo Rodrigues revela motivo de relação tensa com Rita Ferro Rodrigues
Ângelo Rodrigues revela motivo de relação tensa com Rita Ferro Rodrigues
Ver artigo

Desta vez, o ator de 33 anos foi alvo de uma cirurgia que durou algumas horas e que foi motivada por razões "estéticas" para corrigir imperfeições resultantes das várias operações a que foi submetido depois dos tratamentos de reposição hormonal. A operação "decorreu de acordo com o esperado", avança o "Correio da Manhã".

"Na altura, o Ângelo chegou a correr risco de amputação da perna esquerda. Tiveram de retirar muitos tecidos e a prioridade era recuperar completamente a mobilidade", conta uma fonte ao mesmo jornal, referindo-se às mazelas com que ficou depois de ser internado em estado grave devido a uma infeção generalizada — resultado de várias injeções que tomou para melhorar a aparência física.

Já recuperado, o ator que deu vida a Artur Neto na telenovela "A Serra", tem agora outras preocupações. "Há um longo trabalho pela frente a nível estético", acrescenta a mesma fonte ao jornal.

Ângelo vive fase da vida de profundo desapego

Em fevereiro deste ano, Ângelo contou à MAGG que pretende fazer uma "pausa" nas novelas. "Foi libertador começar a selecionar os projetos em que trabalhava, de modo a contrariar uma busca cega profissional de colecionar trabalho atrás de trabalho."

A fase que vive é de profundo desapego de bens materiais e de reflexão. "O facto de vender o meu carro e desfazer-me de bens materiais tem que ver com o conceito de desapego. Fui percebendo as implicações emocionais que isso tinha em mim e passei a escutar-me melhor enquanto viajava", disse.

O período menos feliz por que passou em 2019 também o fez ver a vida de outra forma e, na sua opinião, tem sido reveladora. "Comecei a ler mais sobre a morte e isso tem-me ajudado a aceitar que um dia vou, efetivamente, morrer. Isso acompanha-me todos os dias porque estive bem perto de saber o que significava", explicou à MAGG.

Percorra a galeria de fotos de Ângelo Rodrigues.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.