"Querida, Mariama". É quase sempre assim que começam ou acabam as homenagens a Mariama Barbosa que circulam nas redes sociais desde esta sexta-feira, 29 de julho. Ficará para sempre marcado como um dia triste, o dia em que a apresentadora de televisão morreu aos 47 anos, depois de vários meses a lutar contra um tumor maligno que lhe foi diagnosticado no estômago no início de 2022.

Era, assim, querida por todos, em especial por aqueles que travaram com Mariama momentos pessoais e profissionais. É o caso de Hérman José, a lenda da televisão e do humor português, que prestou a homenagem de uma forma diferente, divertida, como sempre era Mariama. O humorista partilhou um sketch do programa "Cá Por Casa", da RTP, em que foi feita uma caricatura da apresentadora.

Mariama aparece representada pelo ator Igor Regalla, que também pelas redes sociais lembrou a luz que Mariama sempre emanava.

A apresentadora, que trabalhava na estação de Paço de Arcos e chegou a ser comentadora do programa "Passadeira Vermelha", da SIC Caras, passou dias de cumplicidade ao lado de Zé Lopes, atualmente na TVI, e de Liliana Campos, que ainda apresenta o formato.

A partilha de Liliana Campos foi longa e revelou as últimas mensagens que foram trocadas antes de Mariama partir. "Ontem trocamos as nossas últimas mensagens. Quis dizer-te que vinha de férias, mas que te trazia no Coração. E é aí que vais ficar para sempre", afirmou.

Também Lourenço Ortigão lembrou a última conversa com a apresentadora, que deixa um filho de 11 anos, José Maria.

Este sábado, 30, a partir das 19 horas, realiza-se o velório na Igreja do Santo Condestável, em Campo de Ourique, e o funeral tem lugar no domingo, às 15 horas.

Para sempre, além da expressão "pow pow pow", vai ficar a frase que Mariama repetia e que deixou na última publicação de Instagram: "É só o amor que interessa e mais não digo".

A frase foi citada nas dezenas homenagens de quem admirava a apresentadora, incluindo Sofia Ribeiro, que também passou por um cancro, no seu caso cancro da mama, em 2015, e deixou uma mensagem forte: "Foi ele que morreu. Não tu. Não, não te deixaste vencer. Ele é que perdeu! Não tu."

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.