Zoe, atualmente com 40 anos, e Lily, de 31, alegam ter sido agredidas sexualmente por Chris Noth. Os relatos são avançados esta quinta-feira, 16 de dezembro, pelo "The Hollywood Reporter" que, adianta, foi contactado pela duas mulheres em ocasiões separadas e com meses de diferença.

As mulheres dizem que o regresso do ator na sequela de "O Sexo e a Cidade", "And Just Like that", espoletou "memórias dolorosas" do que se passou em 2004 (no caso de Zoe) e 2015 (no caso de Lily). Sob pseudónimo, ambas contaram ao "THR" os episódios nos quais, alegadamente, foram agredidas sexualmente pelo ator que dá vida à personagem Mr. Big da série de sucesso da HBO.

Os acontecimentos com Zoe remontam a 2004. A jovem, na altura com 25 anos, trabalhava numa empresa com a qual Chris Noth (na altura com 49 anos) tinha negócios. Depois de lhe deixar alguns voicemails sedutores, convidou-a para ir a uma piscina num edifício onde tinha um apartamento. Depois de estarem na piscina, Noth foi para o seu apartamento, pedindo a Zoe para se dirigir lá e lhe devolver um livro sobre o qual tinham falado.

Assim que Zoe entrou no apartamento, o ator beijou-a. A jovem disse que ia voltar para a piscina mas, segundo o relato, o ator "puxou-a, empurrou-a para cima da cama, puxou-lhe os calções e a parte de baixo do biquíni e começou a violá-la por trás". Zoe relembra que foi "muito doloroso" e que terá gritado para que Chris Noth parasse ou que, pelo menos, usasse preservativo. "Ele riu-se de mim". Zoe diz ainda que a sua t-shirt ficou manchada de sangue. Depois de conversar com um amigo, que vivia no mesmo edifício, Zoe foi levada para um hospital, o Cedars-Sinai, onde teve de ser suturada. A jovem foi ouvida pela polícia mas não revelou a identidade do agressor, com medo de represálias. O relato de Zoe foi corroborado por um amigo, pelo ex-patrão e também pela mãe.

Os acontecimentos com Lily remontam a 2015, quando trabalhava na zona VIP de um clube noturno em Nova Iorque. Tinha 25 anos na altura, Chris Noth tinha 60. O ator convidou Lily para jantar e, depois da refeição, para ir ao seu apartamento. Lily relata que Noth começou a beijá-la e, embora tenha tentado resistir, a determinado momento, o ator baixou as calças e enfiou-lhe o pénis na boca. Lily relata que relembrou o ator de que era casado, ao que Noth terá respondido. "O casamento é uma farsa, a monogamia não é real".

"And Just Like That". Analisámos à lupa o trailer do novo "O Sexo e a Cidade"
"And Just Like That". Analisámos à lupa o trailer do novo "O Sexo e a Cidade"
Ver artigo

Depois, tiveram relações sexuais. "Eu estava a chorar um bocado quando estava a acontecer". A jovem diz que depois do ato se sentiu "horrível, totalmente violada". No dia seguinte, o ator terá deixado uma mensagem de voicemail a Lily, pedindo-lhe segredo do sucedido. Numa posterior troca de mensagens, Lily disse a Noth que se sentiu "um bocado usada". Houve a tentativa de marcar um novo encontro, que não chegou a acontecer.

Contactado pela publicação, Chris Noth negou as acusações, classificando-as de "categoricamente falsas". "Estas histórias podiam ter acontecido há 30 anos ou há 30 dias. Não é não, e essa é uma linha que eu não passei. Os encontros foram consensuais. É difícil não questionar o timing em que estas histórias vêm a público. Não sei porque é que estão a surgir agora mas sei que não agredi estas mulheres", afirma o ator.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.