Cláudio Ramos, 48 anos, foi internado de urgência este sábado, 1 de outubro, no Hospital da Luz, em Lisboa, onde terá sido alvo de uma intervenção a nível cardíaco. Não é a primeira vez que o coração de Cláudio Ramos dá problemas.

O responsável pela condução do programa das manhãs da TVI, o "Dois às 10", que apresenta em conjunto com Maria Botelho Moniz, foi submetido a uma cardioversão elétrica, de acordo com o "Correio da Manhã". Este procedimento visa cessar as arritmias, portanto, os ritmos cardíacos anormais.

Cláudio Ramos irrita-se com produção do "Dois às 10" em direto. "Vocês têm que estar calados"
Cláudio Ramos irrita-se com produção do "Dois às 10" em direto. "Vocês têm que estar calados"
Ver artigo

Este regresso ao hospital terá surpreendido toda a equipa do programa, que esta semana, tem sido liderado apenas por Maria Botelho Moniz. No Instagram do "Dois às 10", os fãs inundam a caixa de comentários com questões sobre o paradeiro do apresentador.

"Mais dia menos dia está aí de volta. Eu sei que ele está com muita vontade de voltar. Estou com muitas saudades dele. Mando-lhe um grande beijinho. Ele está a recuperar e está quase, quase a voltar. Não se preocupe. O nosso Cláudio está bem". Foi assim que Maria Botelho Moniz deu início ao programa desta terça-feira, 4.

No dia em que foi internado, o apresentador publicou esta fotografia no Instagram, onde mostra um tapete com a frase de eleição: "Saúde e paz. O resto o universo traz". É percetível que se encontra de pijama.

A MAGG tentou entrar em contacto com o apresentador, mas não obteve resposta. Recebemos a confirmação, por parte da gestora de carreira, de que "o Cláudio vai entretanto comunicar o sucedido".

No passado, Cláudio Ramos já havia sido operado ao coração. Em setembro de 2020 chegou a estar internado no Hospital de Santa Cruz, em Carnaxide, depois de se sentir mal, na sequência de uma arritmia e de um ataque de pânico.

"Tenho muito medo de morrer de repente. O meu coração é muito frágil e pode, a qualquer momento, apanhar um susto e acontecer uma fatalidade", disse, em 2015, em entrevista a Daniel Oliveira, para o programa "Alta Definição", assegurando que só a saúde o poderia parar.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.