A família real britânica está em alerta depois de o Príncipe Carlos ter testado positivo nas análises ao novo coronavírus. A grande preocupação agora são a rainha Isabel II, que completará 94 anos em abril, e o marido, o duque de Edimburgo, de 98 anos.

A rainha está em Windsor, a seguir "conselhos adequados em relação ao seu bem-estar", de acordo com o jornal  "The Guardian". O Príncipe William e a família estão na residência de Norfolk, onde costumam passar férias, e onde há espaço para as crianças brincarem. Harry e Meghan estão instalados com segurança na sua casa em Vancouver, no Canadá, ao lado do filho, Archie. O Príncipe Filipe está em Sandrigham, também em Norfolk. E o Príncipe Carlos e Camilla estão na Escócia. 

Já é oficial: o Príncipe Carlos tem coronavírus
Já é oficial: o Príncipe Carlos tem coronavírus
Ver artigo

Sabe-se que o último encontro de Carlos com a rainha ocorreu a 12 de março, após uma cerimónia no Palácio de Buckingham. De acordo com médicos, só no dia seguinte Carlos estaria em condições de infetar outras pessoas. Não foi ainda comunicado se a rainha entretanto já foi testada, mas o Palácio de Buckingham diz que ela "permanece de boa saúde". A salvo também estarão os filhos de Carlos e Diana, William e Harry, que não estão com o pai desde o dia 9 de março, quando se reuniram ao serviço da Commonwealth na Abadia de Westminster.

Uma fonte da casa real, citada pelo "Express", diz que ainda "não é possível determinar de quem o Príncipe apanhou o vírus devido ao alto número de compromissos que ele realizou no seu papel público nas últimas semanas".

Tal como em Portugal, no Reino Unido, o conselho do governo para qualquer pessoa com mais de 70 anos ou com condições de saúde fragilizadas é para que pratique o distanciamento. A rainha faz isso desde que foi para Windsor, a 19 de março. É aqui que ficará no futuro próximo. Windsor, agora fechado ao público devido à crise do vírus, oferece uma maior proteção do que o movimentado Palácio de Buckingham, onde mais funcionários estão localizados. A audiência semanal do primeiro-ministro Boris Johnson com a rainha está a decorrer por telefone. Um porta-voz do primeiro-ministro disse que este foi informado sobre o resultado positivo do teste do Príncipe na manhã de terça-feira e desejou-lhe "uma rápida recuperação".

Harry e Meghan Markle comparam afastamento da família real com o caso das princesas Eugenie e Beatrice
Harry e Meghan Markle comparam afastamento da família real com o caso das princesas Eugenie e Beatrice
Ver artigo

Carlos, tem realizado negócios diariamente enquanto se auto-isola, inclusive mantendo contato com instituições de caridade. Uma pequena comitiva de funcionários está com ele, embora não haja interação física entre o pessoal e a realeza.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.