Esta quarta-feira, 19 de agosto, o Correio da Manhã noticiou que a SIC já avançou com um pedido de indemnização a Cristina Ferreira por quebra unilateral do contrato de trabalho, num valor que ascende aos 20 milhões de euros.

SIC exige 20 milhões de euros de indemnização a Cristina Ferreira. Apresentadora tem 15 dias para pagar
SIC exige 20 milhões de euros de indemnização a Cristina Ferreira. Apresentadora tem 15 dias para pagar
Ver artigo

Em comunicado, a apresentadora já reagiu a esta notícia. “Na sequência das notícias vindas a público durante o dia de hoje, confirmo que a SIC me interpelou ao pagamento de uma indemnização por lucros cessantes no valor de cerca de 20 milhões de euros", avança a estrela da TVI, confirmando a verba pedida pela estação de Paço de Arcos.

"Sobre esta matéria gostaria apenas de esclarecer que a referida quantia não tem qualquer fundamento ou base contratual, pelo que refuto em absoluto a pretensão daquela entidade, estando disposta a assegurar e defender os meus interesses até às últimas instâncias. Por fim, não posso deixar de registar a minha surpresa pela posição agora assumida por uma estação que tem assente a sua comunicação numa estratégia de funcionamento em equipa e liderança de audiências, nunca assente numa só pessoa", lê-se no comunicado da Notable, agência que representa Cristina Ferreira.

Cristina Ferreira tinha contrato com a SIC até 2022

O dia 17 de julho de 2020 vai ficar para sempre na história da televisão portuguesa. Foi o dia em que Cristina Ferreira rescindiu contrato de forma unilateral com a SIC, apanhando tudo e todos de surpresa. Desde janeiro de 2019 na estação de Paço de Arcos, e líder desde o primeiro dia, ninguém conseguiria prever que a apresentadora de 42 anos decidisse voltar à TVI. Mas foi assim que aconteceu. Cristina Ferreira tinha, recorde-se, contrato com a SIC até novembro de 2022.

Negociações entre Cristina Ferreira e TVI começaram há um mês por insatisfação com a SIC
Negociações entre Cristina Ferreira e TVI começaram há um mês por insatisfação com a SIC
Ver artigo

Logo nesse dia, o grupo Impresa avançava que iria avançar com um pedido de indemnização que poderia ascender aos 4 milhões de euros. "A SIC informa ainda que reserva todos os seus direitos em face desta situação”, avançava a estação em comunicado. Um mês depois, o valor da indemnização subiu substancialmente e avista-se, caso as partes não cheguem a um entendimento, uma batalha judicial.

Contactada pela MAGG, a SIC não fez qualquer comentário ao comunicado de Cristina Ferreira.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.