Diogo Faro está  ser alvo de duras críticas depois de se ter tornado pública uma fotografia na qual surge numa casa com mais de 10 amigos e sem os devidos cuidados assegurados (máscara e distanciamento social). Depois de ser acusado por muitos seguidores de "hipocrisia", o humorista já reagiu em comunicado.

"Devo-vos obviamente um esclarecimento e um pedido de desculpas a todos os que se sentem desiludidos e magoados com esta situação, a todos aqueles que gostam de mim e do meu trabalho. Não adianta muito tentar esmiuçar a situação e as circunstâncias porque será sempre tentar arranjar fracas desculpas, ou apontar dedos para fora, quando não é o meu objetivo aqui. Ponto assente, foi um ajuntamento de pessoas arriscado e desnecessário", escreveu na tarde desta segunda-feira, 1 de fevereiro, na rede social Instagram. 

Diogo Faro acusado de "hipocrisia" por ter participado em festa com mais de 10 pessoas
Diogo Faro acusado de "hipocrisia" por ter participado em festa com mais de 10 pessoas
Ver artigo

"Importa-me também entender as minhas próprias falhas e incongruências. O que exijo de mim, e da sociedade à minha volta, é algo que às vezes não consigo atingir e, por isso, falho-me a mim e a vocês. Mas tal como noutras situações, o caminho não será feito por baixar essa exigência para falhar menos, mas mantê-la e continuar a aprender todos os dias para a conseguir acompanhar", acrescentou ainda agradecendo a quem o apoiou.

"Noutra ocasião, poderei adereçar o ódio que me é adereçado constantemente, diariamente, e de forma tão violenta, tanto de anónimos como de colegas, mas não é altura. Fica o pedido de desculpas e a promessa de continuar a fazer o que faço todos os dias, com ou sem polémicas, aprender, evoluir e tentar dar o maior contributo possível para uma sociedade melhor para todos", rematou o humorista.

A 30 de janeiro Diogo Faro assinou uma crónica intitulada "Roubar vacinas e dançar em festas" onde criticou quem não cumpre as  regras impostas pelas autoridades sanitárias e insiste em realizar festas ilegais.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.