É o caso que está a apaixonar Espanha e que faz correr rios de tinta (literal e digitalmente). Tamara Falcó, uma das mulheres mais célebres do país vizinho, estava noiva de Iñigo Onieva, um (suposto) engenheiro do ramo automóvel e empresário da noite madrilena. A marquesa de Griñón, 40 anos e Onieva, 33, anunciaram o noivado a 22 de setembro e, no dia seguinte, explode a bomba: um vídeo de Iñigo a beijar outra mulher no festival Burning Man, nos Estados Unidos. As imagens, que a própria Tamara terá recebido no seu telemóvel, espalham-se por todos os órgãos de comunicação social. E desde aquela sexta-feira, a polémica tem crescido sem parar, com novas revelações a casa dia que passa.

Veja o vídeo

Na Netflix está disponível o reality show "Tamara Falcó: La Marquesa", que retrata a vida jetsetter e de luxo da marquesa de Griñón, sempre ao lado do namorado. No primeiro episódio, Tamara refere-se a Iñigo como o seu "tesouro", no contexto do lançamento de uma coleção de joalharia dedicada à Virgem Maria.

Iñigo Onieva e Tamara Falcó durante as gravações do reality show da Netflix
Iñigo Onieva e Tamara Falcó durante as gravações do reality show da Netflix créditos: Netflix

No caminho para a festa do seu 40.º aniversário, a socialite, filha de Isabel Preysler  (ex-mulher de Julio Iglesias e atual do Nobel da Literatura, Mario Vargas Llosa) e de Carlos Falcó, marquês de Grigñón, diz, meio a brincar meio a sério, que os media iriam especular sobre um possível casamento, uma vez que estava a usar um vestido em tons pérola. "Não penses que é uma indireta", diz ao então namorado.

Indireta ou não, a verdade é que Onieva pediu mesmo Tamara em casamento e ate já havia data: 17 de junho. Nos bastidores, especulou-se que a pressa da marquesa em agendar a cerimónia estaria relacionada com as gravações da segunda temporada da série.

Tamara Falcó com a mãe, Isabel Preysle
Tamara Falcó com a mãe, Isabel Preysler créditos: Netflix

O anúncio do noivado vinha cheio de palavras de amor da socialite, também ela comentadora do programa da Antena 3 "El Hormiguero". "Sinto-me a mulher mais sortuda do planeta e o sim que te disse repito-o e deixo-te por escrito para que não o esqueçamos."

De volta ao fatídico fim de semana. Sábado, 24 de setembro. Tamara Falcó apaga do Instagram a imagem onde surge ao lado do noivo, a mostrar o anel de compromisso. Depois de negar a atualidade do vídeo em causa, argumentando tratar-se de uma gravação feita em 2019, Iñigo Onieva vê-se obrigado a fazer um pedido de desculpas público, num story publicado no domingo, 25 de setembro.

"Peço desculpa por não ter sido honesto e peço perdão publicamente a Tamara e à sua família. Estou completamente apaixonado pela Tamara e é a mulher da minha vida. Custa-me muito tê-la magoado", escreveu o engenheiro.

O "empresário da noite" que afinal é um mero relações públicas

Quanto mais a bola de neve rola encosta abaixo, maior se torna. Depois da traição, do pedido de desculpas, da rutura, começaram a surgir mais pormenores muito pouco abonatórios sobre o suposto empresário ligado ao ramo automóvel. Iñigo e Tamara conheceram-se em março de 2020 numa festa temática de "A Guerra dos Tronos", pouco tempo antes de o mundo entrar em confinamento. Iñigo, oriundo de uma família de classe média alta de Madrid que faz parte dos circuitos jet setter da capital espanhola, em particular a irmã, Alejandra, atriz de terceira linha que fez algumas participações em séries televisivas.

Iñigo e Tamara
O casal na festa dos 40 anos de Tamara créditos: Instagram

Licenciado em Engenharia Técnica e Desenho Industrial, supostamente terá trabalho na Seat, assumindo-se agora como freelancer. Estaria também ligado à noite madrilena, assumindo-se como um dos donos do Lula Club, uma discoteca situada no coração da capital. Problema: afinal Inigo não é sócio nem diretor criativo do espaço, como se apresentou publicamente. Trata-se apenas de um relações públicas do espaço, recebendo uma avença para promover a casa.

No programa "Sálvame", da Telecinco, um dos comentadores, Kiko Matamoros, afirma que Iñigo criou um perfil profissional falso para "vender-se socialmente" e que é "uma autêntica falácia".

"Eu, para os cornos, sou muito quadrada"

O que é que as celebridades normais fazem quando se veem confrontadas com uma situação destas? Publicações nas redes sociais. Talvez vídeos. O que é que uma marquesa espanhola, amiga íntima de reis e príncipes, faz após ter sido traída? Com o seu melhor look, reaparece num evento público, onde a sua presença foi previamente anunciada, com a certeza de que lá estará toda a imprensa do país. Assim pensou, melhor o fez e, esta terça-feira, 27 de setembro, num evento da marca Kronos Homes, da qual é embaixadora.

Veja o vídeo

"Vim aqui porque o trabalho é um pilar fundamental. Estou mal emocionalmente, mas não vou deixar que isso afeta a minha vida", confessou Tamara, quase engolida por microfones e câmaras de televisão. A marquesa de Grigñón afirmou também estar "em choque" com a situação, mas aliviada por esta se ter tornado pública antes do casamento. "Estou contente que isto tenha acontecido agora. Se estas notícias tivessem saído quando já estivesse casada ou, pior, já com família, teria sido terrível."

"O Iñigo de quem fiquei noiva não tem nada que ver com este Iñigo. Sempre acreditei que, numa relação, temos de ter liberdade. A base de uma relação é a confiança", explicou a filha de Isabel Preysler, salientando que sabia que o namorado gostava "dessas coisas", que é como quem diz, ir a festivais nos Estados Unidos sem a sua companhia. "Nunca pensei que abusasse da minha confiança", diz a marquesa de Grigñón, admitindo que estava "apaixonada", apesar de, ao longo dos últimos dois anos, ter sido advertida tanto pela comunicação social como por amigos próximos.

Desta espécie de conferência improvisada, replicada e analisada ate à exaustão, muitos títulos saíram. Mas um, em particular, foi replicado em todo o lado: "Eu, para os cornos, sou muito quadrada". Magoada com a "mentira", Tamara decidiu, na sexta-feira à noite depois de o vídeo ser divulgado, que a relação tinha terminado. E que não, não havia volta a dar.

Quem divulgou o vídeo-bomba?

Na primeira aparição pública depois do escândalo ter vindo a público, Tamara Falcó agradeceu aos meios de comunicação social por terem exposto a infidelidade e as mentiras do agora ex-noivo. Confrontada com a suspeita de que poderia ter sido a mãe, Isabel Preysler, a ceder o vídeo, Tamara disse que acreditava ter sido a progenitora. O que agora se sabe é que foram os amigos de Iñigo que tornaram o vídeo público, mas não da forma que pretendiam.

Marisa Martín Blázquez, comentadora do formato dedicado a assuntos cor-de-rosa "El Programa de Ana Rosa", revelou que os amigos do empresário quiseram fazer dinheiro com o vídeo mas que, por terem feito várias partilhas entre eles, o conteúdo acabou por ser tornado público por um deles. "O que me disseram foi que foram os amigos de Iñigo que tornaram os vídeos públicos a troco de dinheiro. Correu-lhes mal, não os conseguiram vender porque entretanto começaram a partilhá-los entre eles", conta a comentadora.

Fechado em casa, "sem parar de chorar", Iñigo Onieva é agora um dos homens mais odiados em Espanha. Os amigos dizem que está "destroçado" depois de ter ouvido as declarações da agora ex-noiva. "Diz que a perdeu para sempre", confidencia um amigo, sob anonimato, ao programa "Sálvame".

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.