"Foi uma noite horrível. Há muitas nuances e complexidades mas, ao fim do dia, perdi a cabeça". Will Smith voltou a falar sobre a agressão a Chris Rock na última cerimónia de entrega dos Óscares, desta vez no talk show "Daily Show with Trevor Noah".

Em entrevista ao humorista sul-africano, de quem é amigo próximo, o ator de 54 anos faz uma pausa antes de continuar a falar sobre a agressão a Rock, que aconteceu em direto na 94.ª cerimónia de entrega dos prémios da Academia de Hollywood, em março de 2022.

"O que posso dizer é que nunca sabemos por que é que uma pessoa está a passar. E eu estava a passar por algo naquela noite. Não que isso justifique o meu comportamento."

Will Smith esbofeteou Chris Rock nos Óscares
Will Smith esbofeteou Chris Rock nos Óscares

Em julho, num vídeo publicado no Instagram, Will Smith já tinha pedido desculpas a Chris Rock, mas ainda não tinha concedido uma entrevista a falar sobre o tema. "O que aprendi é que temos de ser bondosos uns com os outros. O que é mais doloroso para mim é que eu peguei na minha dor e tornei a situação dolorosa para outras pessoas. É como aquela máxima 'pessoas magoadas magoam pessoas'", explica o ator.

Trevor Noah remete para a autobiografia de Will Smith, lançada em 2021, e na qual revela detalhes sobre a sua infância, marcada pelos abusos físicos e emocionais do pai, e o ator diz que "muitas coisas" espoletaram a estalada a Chris Rock. "Foi o menino que via o pai espancar a mãe... tudo isso entrou em ebulição naquele momento. Essa não é a pessoa que eu quero ser", confessa.

Will Smith conta ainda que estava "de cabeça perdida" naquele dia. "Eu tinha raiva acumulada durante muito tempo, mas percebo a dor. O meu sobrinho, Dom, tem 9 anos, é um rapazinho amoroso. Ele tinha ficado acordado até tarde para me ver. Estamos sentados na cozinha, ele está ao meu colo, a segurar o Óscar e diz: 'porque é que bateste naquele senhor, tio Will?'. Raios! Porque é que estás a dar uma de Oprah? (risos)", brinca o ator que, nessa cerimónia, venceu o primeiro Óscar da sua carreira, pelo desempenho no filme "King Richard".

Will Smith pede desculpas a Chris Rock, agora de viva voz. "Estou a tentar não pensar em mim como um pedaço de merda"
Will Smith pede desculpas a Chris Rock, agora de viva voz. "Estou a tentar não pensar em mim como um pedaço de merda"
Ver artigo

Na sequência da agressão a Chris Rock, Will Smith renunciou ao seu lugar na Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, tendo sido depois banido de todos os eventos desta organização nos próximos 10 anos, incluindo cerimónias de entrega dos Óscares. O ator levantou-se do seu lugar quando Chris Rock, um dos apresentadores da cerimónia, fez uma piada sobre o cabelo rapado de Jada Pinkett-Smith, que sofre de alopécia.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.