As férias começaram e apesar de haver muitos portugueses que optam por viajar para o estrangeiro, a maioria acaba por fazer férias "cá dentro".

No topo das preferências destes portugueses está sempre o típico Algarve — Vilamoura, Albufeira, Lagos —, mas são cada vez mais as pessoas que já começam a variar e a escolher outros destinos. O Alentejo é já há muito tempo uma das escolhas, mas não é um Alentejo qualquer, é a costa alentejana. Para ser mais específico, parte dela, a Costa Vicentina.

A Costa Vicentina começa em São Torpes, em Sines, e termina no Burgau, no Algarve, e é um dos destinos mais cobiçados do país pelos portugueses, principalmente por famílias e pelos mais jovens. Famílias grandes que alugam casas perto da praia, e jovens que adotaram o conceito de road trip e se juntam de carro para percorrer a Costa Vicentina, de uma ponta à outra.

É o destino ideal para quem quer evitar a confusão dos destinos mais concorridos do Algarve, para quem gosta de surf e, claro, de boa comida. O que não falta ao longo desta costa são bons restaurantes onde se pode pedir os clássicos petiscos de verão como as amêijoas, os percebes ou a saladinha de polvo, um peixe ou uma carne grelhada, um prato de chef, ou até uma pizza.

Há um pouco de tudo nestes dez restaurantes que selecionámos ao longo da Costa Vicentina.

Trinca Espinhas

Costa Vicentina. 10 restaurantes imperdíveis

Fica mesmo em cima da Praia de São Torpes, logo no início da Costa Vicentina e a vista para o mar é uma das principais atrações. Mas não é a única. A carta conta com pratos como pimentos padron, ovos mexidos com espargos ou farinheira, salada de polvo, arroz de tamboril, bife do lombo ou lombinho de porco preto com sementes de papoila. E, claro, vários tipos de peixe grelhado. A cataplana Trinca Espinhas é a principal especialidade deste restaurante.

Morada: Praia de São Torpes

Telefone: 269636379

Horários: 12h30-15h / 19h30-22h30. Encerra à segunda-feira.

Porto das Barcas

Costa Vicentina. 10 restaurantes imperdíveis

Aqui, o peixe e o marisco são reis, ou não estivesse este restaurante em cima do mar. Mas há muitas outras opções na carta que junta tradição e inovação. Gambas à brás, tibornas alentejanas com queijo de cabra, rolinhos de alheira de caça com courgette e queijo da ilha ou polvo da costa na frigideira com batata doce, são alguns dos pratos que pode encontrar no menu.

Morada: Estrada do Canal, Vila Nova de Milfontes

Telefone: 283961151

Horário: 12h30-15h / 19h-23h. Encerra à terça-feira.

Tasca do Celso

Costa Vicentina. 10 restaurantes imperdíveis

Este é um dos mais conhecidos restaurantes do Alentejo. Dificilmente alguém ainda não ouviu pelo menos falar da Tasca do Celso. Fica em Vila Nova de Milfontes e tem a típica carta alentejana. Salada de ovas, salada de choco, gambas al ajillo, açorda de camarão, secretos de porco preto ou carne de porco à alentejana são algumas das iguarias da Tasca do Celso, e tudo servido em pratos de barro. Os queijos e os enchidos também não podem faltar, claro.

A carta de vinhos é bastante extensa e com especial destaque para os vinhos do Alentejo e Douro.

Morada: Rua dos Aviadores, Vila Nova de Milfontes

Telefone: 283996753

Horários: 13h-15h30 / 19h30-23h. Encerra à segunda-feira.

Taberna Ti Vitória

Costa Vicentina. 10 restaurantes imperdíveis

Quem passeia pela vila de Zambujeira do Mar pode não se aperceber deste restaurante. Fica escondido, mas vale a pena procurar. A especialidade são os grelhados no carvão, quer peixe quer carne, e assume-se como churrasqueira, mas a carta tem todo o tipo de petiscos de verão. Salada de polvo ou amêijoas à Bulhão Pato fazem parte da carta deste restaurante, que tem um espaço e serviço simples e simpático.

Morada: Largo Miramar, Zambujeira do Mar

Telefone: 283961130

Horários: 12h30-16h30 / 19h30-22h30. Aberto todos os dias durante o verão.

Azenha do Mar

Costa Vicentina. 10 restaurantes imperdíveis

Este é, provavelmente, o restaurante mais difícil de se conseguir mesa. Chega ao fim um dia de praia incrível e começa a pensar onde ir jantar. "Vamos ao Azenha do Mar", pensa. O ideal é esquecer, na verdade. Decidir ir jantar a este restaurante em cima da hora é saber que se vai chegar lá e voltar para trás. As filas são sempre intermináveis e conseguir mesa é uma missão quase impossível. O passa palavra de quão boa a comida e a vista eram, fez com que se tornasse ainda mais desejado.

Este verão o restaurante reabre com nova gerência, mas, possivelmente, com as filas de sempre.

Morada: Praia da Azenha do Mar, São Teotónio

Telefone: 282947297

Horários: 11h-00h. Encerra à quarta-feira.

A Barca - Traquitanas

Costa Vicentina. 10 restaurantes imperdíveis

Começou há mais de 30 anos como uma casa de pasto onde os pescadores se juntavam. Hoje, é uma das paragens obrigatórias de quem viaja pela Costa Vicentina. Fica em cima do mar, com uma vista desafogada, e a caldeirada de peixe é a especialidade da casa. Mas não a única. Também pode pedir navalheiras, bruxas, percebes, camarão tigre grelhado, filetes de peixe pampo, feijoada de búzios, polvo frito, pica-pau ou apenas o clássico peixe grelhado.

Morada: Entrada da Barca, Zambujeira do Mar

Telefone: 283961186

Horários: 12h30-22h. Aberto todos os dias.

O Sacas

Costa Vicentina. 10 restaurantes imperdíveis

Gosta de açorda? Então este verão vai querer visitar O Sacas, onde essa é uma das especialidades. Fica junto ao porto de pesca artesanal da Zambujeira e além da açorda, serve ainda pratos como feijoada de búzios, linguados fritos com migas ou raia de coentrada. É mais um dos restaurantes da Zambujeira do Mar que tem muito movimento durante todo o verão, mas mais ainda ao longo dos dias do festival MEO Sudoeste.

Morada: Entrada da Barca, Zambujeira do Mar

Telefone: 283961151

Horários: 12h30-15h30 / 18h30-22h. Aberto todos os dias.

O Paulo

Costa Vicentina. 10 restaurantes imperdíveis

Mais a sul, já na Arrifana, está O Paulo. Um restaurante diferente dos outros acima. Com os ingredientes e produtos típicos da região, mas com um espaço e apresentação de pratos mais requintado (e com valores também mais altos). Pratos com uma grande variedade de marisco, massada de peixe, caldeirada de peixe, T-bone ou carré de borrego são algumas das propostas da carta deste restaurante, que tem uma óptima vista para a Praia da Arrifana.

Morada: Arrifana (junto à fortaleza)

Telefone: 934975250

Horários: 12h-22h30. Aberto todos os dias.

Gulli Bistrot

Costa Vicentina. 10 restaurantes imperdíveis

Não é o típico restaurante alentejano e quem passa férias em Aljezur há alguns anos, não esperava que fosse abrir um espaço destes por lá. Mas a verdade é que abriu e que tem tido sucesso verão após verão.

É diferente também pela localização, pois este não tem a mesma vista que os outros. É um restaurante de "beira de estrada", mas que ganha pelo ambiente e pela carta. Carpaccios, tártaros, pizzas, risottos e vários pratos em tempura são algumas das propostas do Gulli, mas todas com uma apresentação gourmet.

Morada: Sítio da Fonte de Santa Susana, Aljezur

Telefone: 282994344

Horários: 12h30-15h / até às 17h só pizzas / 17h - 22h30. Aberto todos os dias.

Pizza Pazza

Costa Vicentina. 10 restaurantes imperdíveis

Já é um clássico de quem vai de férias para a Costa Vicentina. Principalmente para quem vai com crianças, mas não só. Este é um restaurante familiar, com uma carta que agrada a gregos e troianos. Afinal, quem não gosta de pizza? E no meio de umas férias com tanto peixe e marisco, também sabe bem variar um pouco.

Morada: Rua do Meio, nº1, Aldeia da Pedralva, Vila do Bispo

Telefone: 282639173

Horários: 18h-00h. Encerra à segunda-feira.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.