Há uma semana, íamos nós em direção à Rua da Boavista, a caminho do Rebel Asian, quando nos saltou à vista um azul elétrico que é mais normal no Príncipe Real do que no Cais do Sodré. A atenção focou-se naquele toldo e foi então que percebemos: o Coyo Taco tinha acabado de descer o Alecrim para abrir portas junto ao rio. E fomos à procura de mais informações sobre a taqueria  que foi elogiada pelo ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, que nasceu em Miami e que ganhou segunda casa em Lisboa, novamente numa parceria com a Plateform (novo nome do grupo Multifood, fruto do processo rebranding que terminou a outubro de 2019).

Comecemos pelo mais importante: a comida. O menu é o mesmo nas duas moradas, ou seja, neste Coyo a oferta é idêntica à do anterior. "A fórmula 'tudo es fresco' por detrás do conceito trazido para Lisboa pela Plateform tem-se revelado vencedora, conquistando uma legião de fãs cada vez mais numerosa", explica à MAGG um representante da Plateform.

Significa isto que haverá tacos de carnitas de pato (4,75€), al pastor (3,75€) ou hongos (3,75€). Há ainda tortillas (3,75€ a 8€) e quesadillas (13€ a 16€), assim como burritos (em bowls ou na tortilha, de 12,75€ a 16€) — sem esquecer os churros de chocolate para sobremesa (5€) — ou ainda uma carta rica em cocktails, também com assinatura de Fernão Gonçalves, o chef de bar que desenhou a carta do primeiro Coyo e aquele que está nos comandos do restaurante Pesca. Para o novo restaurante, criou uma bebida especial: a Coyo Slush Margarita é a "estrela da casa" e conta com tequila Olmeca, triplo sec, lima agave, e tajín (5€).

Coyo Taco. A taqueria mais cool e saborosa veio de Miami para o Príncipe Real
Coyo Taco. A taqueria mais cool e saborosa veio de Miami para o Príncipe Real
Ver artigo

Além do novo cocktail, o que é que muda mais? Algumas coisas. Em primeiro lugar, o tamanho. O novo Coyo Taco tem 38 lugares sentados — incluindo oito distribuídos pelas três mesas comunitárias  — o que significa que é maior face ao anterior, onde apenas podem comer 24 pessoas de cada vez.

Morada:  R. Ribeira Nova 36, 1200-376 Lisboa
Telefone: 210 514 531

O ambiente é descrito pela Plateform como mais dinâmico: "Os pedidos são feitos em pré-pagamento ao balcão — de onde se pode acompanhar a ação e até comunicar com os cozinheiros — e trazidos à mesa pela equipa Coyo."

O aspeto desta segunda casa mexicana também tem nuances: "Os néons fazem parte da decoração, bem como a parede revestida com garrafas de bebidas mexicanas, comum aos dois espaços."

E para as noites de festa, há mais animação. "Nas noites de sexta-feira e sábado, o restaurante encerra às duas e contará com a presença de um DJ para intensificar o espírito de festa."

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.