Voltamos a casa e à pilha de loiça que nunca deixa de crescer na cozinha. Para uma pausa nos cozinhados e uma ajuda extra a todos os restaurantes que se viram obrigados, mais uma vez, a fechar portas, a MAGG dá uma sugestão por dia para uma refeição caseira mas com sabor que vêm de fora.

Vegetarianos, especializados em leitão, sushi, pizzas ou saladas, espere de tudo. Até porque os restaurantes já provaram serem capazes de tudo para sobreviver a uma pandemia.

Enricca Ponticelli está no mundo da cozinha desde os 14 anos. Agora, com 33, e já depois de ter mudado de País para assentar em Lisboa, muda de vida mais uma vez. A pizzaria que abriu há seis anos em Lisboa muda para um bairro novo, ainda que a pretensão seja chegar a toda a cidade.

O Primo Basílico esteve em Alfama durante os últimos anos, num espaço pequeno e a servir essencialmente para take away — não esquecer que este foi um dos primeiros restaurantes em Lisboa a vender pizza a fatia, mesmo a pedir um take away rápido. Mas Enricca sempre quis trabalhar para os portugueses, "e nos últimos anos Alfama era só turistas".

E se é para responder aos portugueses, há que conhecer-lhes os hábitos. "Percebi que enquanto os italianos pegam na fatia de pizza, sobem na mota e seguem, os portugueses gostam de se sentar à mesa", brinca Enricca. E foi por isso, e também por querer mais espaço para as suas criações, que decidiu mudar de bairro e abrir um novo Primo Basílico no Areeiro. "Esta vai ser a minha cozinha laboratório", explica, "mas a ideia é, depois, abrir pontos mais pequenos de venda por toda a cidade".

Primo Basílico
No restaurante, há pizzas para os amantes e carne, mas também muitas opções vegetarianas e ate vegan.

Enquanto isso não acontece, é na Avenida de Paris que está uma montra de calzones, pizzas e focaccia capaz de fazer o português esquecer do prazer de comer à mesa num restaurante e, na loucura, pegar para comer pelo caminho.

Para evitar desperdício, e porque os tempos são de menos clientela, Enricca não tem disponível todo o menu para take away imediato. Ainda assim, conte com calzones recheados com caponata de beringela; manjericão queijo e tomate, cogumelos e truga e ainda de salame picante e mozzarela. E também há pizzas à fatia, claro, e essas vão também variando consoante a imaginação de Enricca, que finalmente tem espaço para criar.

Além do que pode comer no momento, pode e deve encomendar para uma experiência mais completa. Um tabuleiro de 40x30 com um sabor de pizza custa 12€ e 15€ se tiver dois sabores. E os sabores são mais que muitos, ora veja: salame picante, speck e brie, cogumelos e trufa, quatro queijos, curgete e ricotta, atum e azeitonas, fiambre e cogumelos, são apenas alguns dos exemplo. E há também opção vegan, com molho de tomate, creme de tofu e legumes da estação.

Quando o confinamento acabar e puder, finalmente, abrir portas, o restaurante vai estar preparado para quem quer comer ao balcão, para quem quer uma mesa grande para um grupo ou para quem prefere comer na esplanada. Além disso, à oferta de pizza à fatia, Enricca vai servir o típico aperitivo italiano, que junta petiscos e bebida, sempre ao fim do dia.

O restaurante está disponível para take away e entregas através das plataformas UberEats, TakeAway, Glovo e Send&Store.

Morada: Avenida de Paris, 14, Lisboa
Telefone: 925 932 648
Horário: 12h30-21h30. Segunda-feira 18h-21h30. Domingo fechado

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.