Uns assistem à missa na igreja pelas 12 horas ou 19 horas. Para outros, as rezas são outras e envolvem os saborosos pratos do Santa. Esta missa é diferente de todas as outras, uma vez que troca as hóstias pelos pratos pensados pelo novo chef do restaurante próximo da Sé de Lisboa, Pedro Couto.

O chef já passou por restaurantes de renome dentro e fora de Portugal, entre os quais se destacam o Empório Celidônio e o Hotel Nosso Ipanema, no Brasil, assim como o Yakuza by Olivier ou o Le Bourdelaire Restaurante (com uma estrela Michelin), em Portugal.

A experiência que foi recolhendo nos vários conceitos gastronómicos e o saber que lhe foi passado desde pequeno pela mãe estão agora na carta de cozinha portuguesa contemporânea e de conforto do restaurante Santa, onde fica a primeira cozinha que Pedro Couto assume.

Chef Pedro Couto
Chef Pedro Couto créditos: divulgação

O chef e a equipa servem todos os dias uma "missa" bem suculenta pelo molho do tártaro dos deuses (14€): lombo de novilho, molho especial da casa, cebolinho, alcaparras fritas, chip de alho, servido em broa frita. Ainda na carne há o sabor divinal (22€), umas costeletas de borrego grelhadas, temperadas com manteiga de ervas, com risotto de mix de cogumelos.

Alba. Benditos sejam os ovos deste novo espaço de brunch no Cais do Sodré
Alba. Benditos sejam os ovos deste novo espaço de brunch no Cais do Sodré
Ver artigo

Enquanto numa missa normal faz-se referência à bendita Avé Maria, no Santa é de rezar para que não acabe a bendita lula (10€), com as mesmas salteadas em azeite de alho, mexilhões, cabeça de lula à dorê, molho fumê, acompanhadas de pão grelhado.

Se pecados houver a confessar, pode redimir-se com o pecado perdoado (25€), com camarão tigre, vieiras, espargos e cenouras glaceadas no molho do camarão, prato da antiga carta cujo puré de cenoura foi substituído por puré de batata doce roxa.

Outros best sellers da carta continuam a ser servidos, mas agora com o toque do novo chef Pedro Couto. Um deles é o tá comigo, tá com Deus (12€ por três unidades), que consiste em tacos de ossobuco (agora de confeção lenta e em baixa temperatura), com cebola frita e pickles caseiros.

Para a reza final, nada como um ajoelhou... vai ter que rezar (10€), de tão guloso que são os churros, com requeijão de cabra com mel, crumble e caramelo salgado.

Morada: Rua São João da Praça 103, Lisboa
Telefone: 218 872 359
Horário: 9h-00h

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.