O governo decretou que, nesta nova fase de desconfinamento, os espaços culturais vão poder funcionar para lá das 13 horas aos fins de semana. Isso significa que há tempo mais do que suficiente para ver toda a cultura que ficou em suspenso desde janeiro.

Além dos teatros, que neste fim de semana albergam peças como "Perfeitos Desconhecidos", há também muito cinema para ver. Desde quinta-feira, 29 de abril, que se estrearam em cartaz dois filmes premiados na mais recente edição dos Óscares. Recordamos, no entanto, que o consumo de pipocas em sala continua proibido.

"Uma Miúda Com Potencial" e mais 4 filmes para ver esta semana nos cinemas
"Uma Miúda Com Potencial" e mais 4 filmes para ver esta semana nos cinemas
Ver artigo

Mas também há exposições para ver e sítios giros para visitar. Do cinema ao teatro, mostramos-lhe cinco sugestões para que possa desconfinar, sempre com toda a segurança, ao longo deste fim de semana.

Vá ao cinema ver dois dos filmes premiados nos Óscares

Agora que, aos fins de semana, os cinemas já podem funcionar até às 22h30, há duas estreias em cartaz que mereceram a atenção da Academia de Cinema e foram premiadas com dois Óscares.

Falamos de "Uma Miúda Com Potencial" e "Mais Uma Rodada", que levaram para casa a estatueta de Melhor Argumento Original e Melhor Filme Estrangeiro, respetivamente.

Enquanto o primeiro é sobre uma mulher que vive traumatizada por um evento que a mudou para sempre, e que a leva a vingar-se de potenciais predadores na noite, o segundo acompanha quatro professores que, descontentes com a monotonia das suas vidas, se propõem a beber diariamente. Isso, acreditam, torná-los-á mais extrovertidos social e profissionalmente.

Os dois estão em cartaz desde quinta-feira, 29 de abril, nos vários cinemas do País. Se não tiver interesse nesses, há outras sugestões cinematográficas para espreitar. Contamos-lhe tudo neste artigo.

A exposição fotografia urbana da americana Vivian Maier

Até 18 de maio, o Centro Cultural de Cascais vai ser a casa da exposição de fotografia urbana da americana Vivian Maier, que morreu em 2009.

Numa obra que junta fotografias de ruas, paisagens e o quotidiano, por vezes aborrecido, da sua vida, destaca-se o facto de Maier não ser fotógrafa profissional — o que dá uma outra força às imagens que estarão expostas.

"Listen". O premiado filme de Ana Rocha vai estrear-se na televisão portuguesa
"Listen". O premiado filme de Ana Rocha vai estrear-se na televisão portuguesa
Ver artigo

A exposição abre portas a todos os dias da semana, incluindo sábado e domingo, sempre a partir das 10 horas.

Veja a peça "Perfeitos Desconhecidos"

Quando um grupo de amigos se junta para jantar, um deles desafia o grupo a pôr o telemóvel em cima da mesa e a mostrar todos os registos de contactos feitos, sejam eles mensagens, chamadas ou e-mails trocados.

Aquilo que, ao início, parece uma brincadeira inusitada, rapidamente se transforma num drama de repercussões várias.

Encenada por Pedro Penim, a interpretação do texto fica a cargo de Ana Guiomar, Cláudia Semedo, Filipe Vargas, Jorge Mourato, Martinho Silva, Samuel Alves e Sara Barradas.

Os bilhetes podem ser comprados aqui e custam entre 16€ e 20€.

Continue no teatro e veja a peça "Tempo para Refletir"

Nesta peça de teatro, a poesia de José Miguel Silva, que reflete muito dos tempos conturbados e incertos em que vivemos, cruzam-se com o público que serve de motor para uma reflexão coletiva sobre o mundo e a sociedade.

Dalila Carmo. "Todos os meses há alguém que me pergunta o que é que eu faço. E fico triste"
Dalila Carmo. "Todos os meses há alguém que me pergunta o que é que eu faço. E fico triste"
Ver artigo

Encenado por Ana Borralho e João Galante, o elenco de atores conta com nomes como Beatriz Costa, Cláudio de Castro, Daniela Santos, Daniel Tormo, Ema Marli e Filipa Borges.

A peça decorrerá no Teatro Nacional D. Maria II. Os bilhetes estão à venda aqui e custam 11€.

Vá à exposição de arte do Campo Pequeno (e saia de lá com uma caneca)

Na praça do Campo Pequeno, em Lisboa, está o Campo Pequeno Art Gallery. A ideia é receber, de forma regular e contínua, novas exposições dedicadas à arte — seja ela mais surrealista ou urbana — para atrair todo o tipo entusiastas.

Junto à zona da exposição, onde pode encontrar quadros, objetos ou ativações específicas, há ainda uma loja onde pode comprar t-shirts estampadas (e divertidas) ou canecas originais.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.