Os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001 que mudaram o mundo (e os EUA), o impacto da COVID-19, o movimento #BlackLivesMatter que se fez ouvir nas ruas após a morte de George Floyd às mãos de um polícia branco e a invasão ao Capitólio por manifestantes atiçados por Donald Trump. "NYC Epicenters 9/11➔2021½", a nova série documental do realizador Spike Lee, propõe um relato cru, mas fidedigno, sobre as marcas deixadas pelos últimos 20 anos em Nova Iorque.

Num registo intimista que visa recuperar a memória coletiva daqueles que sentem a cidade como sua, Lee serve-se das mais de 200 entrevistas que conduziu para dar corpo ao documentário.

Com o regresso dos talibã, as mulheres afegãs temem perder a liberdade. O que aconteceu e o que vem aí?
Com o regresso dos talibã, as mulheres afegãs temem perder a liberdade. O que aconteceu e o que vem aí?
Ver artigo

Nesta produção, de apenas quatro episódios, o realizador responsável por filmes como "Da 5 Bloods" ou "À Última Hora", ouve jornalistas e políticos americanos. Mas também amigos, conhecidos e membros da sua família mais próxima. Dessa soma resulta uma variedade de perceções, umas mais críticas do que outras, das marcas que ficaram gravadas no alcatrão que compõe as estradas da cidade.

E porque a pandemia ainda faz parte do contexto atual, Spike Lee dá voz a todos os profissionais de saúde (desde médicos a enfermeiros e socorristas) que estiveram na linha da frente do combate à doença enquanto um presidente semeava o caos e impulsionava uma retórica assente na desvalorização e no ignorar do vírus.

Descrito como "desafiante" e "provocador" pela própria HBO, "NYC Epicenters 9/11➔2021½" promete um olhar atento, e sempre crítico, dos acontecimentos mais marcantes que moldaram não só uma cidade inteira, mas aqueles que nela se movimentam numa base diária. Além disso, a produção nunca tira o olho das consequências que ainda hoje se fazem sentir no país, como, por exemplo, o facto de os EUA não estarem a conseguir convencer a população a vacinar-se — embora haja vacinas.

O primeiro de quatro episódios estreia-se esta segunda-feira, 23 de agosto, na HBO Portugal. O último episódio, que vai abordar os atentados terroristas perpetuados pela al-Qaeda, liderada, na altura, por Osama Bin Laden, estreia-se a 11 de setembro.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.