"Oi, como disse?". Provavelmente terá sido esta a sua reação ao ler o título do artigo que acabou de abrir, e é compreensível. Afinal, no centro da história de "Teu Mundo Não Cabe Nos Meus Olhos", assim se chama o filme, está a figura de Vitorio — um homem que, em algum momento da sua vida, herdou uma pizzaria num bairro de São Paulo, no Brasil.

Problema? Vitorio é cego e aprendeu, por isso, a olhar o mundo de uma outra forma, obrigando-se a adaptar a sua profissão às limitações com as quais nasceu.

Prova disso é a forma como gere o negócio da família, estando junto do forno, amassando a massa e fazendo as melhores pizzas do bairro — sempre sem ver e baseando-se apenas na experiência, no instinto e nas outras capacidades que foi desenvolvido ao longo dos anos.

A reviravolta, porque há sempre uma, surge quando ao protagonista é oferecida a opção de fazer uma cirurgia para que consiga ver pela primeira vez na vida. Nesse momento, Vitorio vê-se a braços com um dilema que nunca equacionou ter de resolver: manter-se como está e perder a oportunidade de mudar a sua vida, ou arriscar e conhecer uma nova versão do mundo que o desilude e que não pediu para ver.

A sinopse do filme, ainda que meio insólita, não lhe faz justiça ao dizer que a história acompanha o dilema de um pizzaiolo que nasce cego.

"Êta Mundo Bom!". Porque é que a nova novela da SIC é das melhores coisas da TV portuguesa
"Êta Mundo Bom!". Porque é que a nova novela da SIC é das melhores coisas da TV portuguesa
Ver artigo

Na base, "Teu Mundo Não Cabe Nos Meus Olhos" é muito mais do que isso, através de uma análise profunda à forma como o mundo observa quem, à partida, parte para a vida em desvantagem e é obrigado a arranjar formas de se defender de forças externas que não controla.

O filme, que conta com a participação de Edson CelulariSoledad VillamilGiovana EcheverriaLeonardo Machado e Thalles Cabral, vai ser exibido este domingo, 16 de agosto, às 22h10 na Globo.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.