Depois de anunciados os nomeados para os Óscares, pelo menos isto é certo: em Portugal, não será possível ver, de forma legal, todos os filmes que estão na corrida aos prémios de maior prestígio da indústria do cinema. Segundo o plano de desconfinamento proposto pelo governo de António Costa, os cinemas só poderão voltar a abrir a 19 de abril, uma semana antes da gala que decorrerá a 25 de abril em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Isto significa que os filmes mais elogiados pela crítica, como "Promising Young Woman", "Nomadland" ou "The Father", só começarão a ser distribuídos comercialmente na semana anterior à cerimónia. O mesmo se aplica a outros como "Judas and the Black Messiah", "Minari" ou "Another Round". É só mais uma consequência dos tempos atípicos e inesperados em que vivemos.

9 filmes de cinema sul-coreano para ver após a vitória de "Parasitas" nos Óscares
9 filmes de cinema sul-coreano para ver após a vitória de "Parasitas" nos Óscares
Ver artigo

No entanto, há outros filmes nomeados nas categorias principais e que podem ser vistos nas mais variadas plataformas de streaming, "Os 7 de Chicago", escrito e realizado por Aaron Sorkin, sobre os motins violentos que marcaram a história da cidade de Chicago em 1968, está disponível na Netflix.

Ao longo de cerca de duas horas, "Os 7 de Chicago" dá corpo à transição vertiginosa de protestos pacíficos que, mais tarde, desencadearam os conflitos que deixaram feridos mais de 500 manifestantes, 100 civis e 152 agentes da polícia. Mas o grande foco é o julgamento dos sete rapazes de Chicago, todos eles ativistas, que foram acusados formalmente de conspiração e de incitação à violência.

O filme foi considerado um dos mais importantes do ano, muito devido ao facto de se ter estreado a menos de um mês das eleições presidenciais nos EUA, que aconteceram numa altura em que a tensão racial no país estava, uma vez mais, a fervilhar.

Também na Netflix pode ver "Mank", de David Fincher, ou "Ma Rainey’s Black Bottom" que valeu a Viola Davis a nomeação na categoria de Melhor Atriz.

De "Promising Young Woman" a "Nomadland", mostramos-lhe exatamente em que plataformas de streaming pode ver os principais filmes nomeados para os Óscares e quais vão ter estreia assegurada no cinema.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.