A relação entre o povo e um presidente tende a ser impessoal. Vemo-lo em eventos oficiais, ouvimo-lo em conferências de imprensa e acatamos (com agrado ou não) as decisões que toma. Lá isso é certo. Mas falta perceber o que se passa para lá do ecrã. Sem filtros ou guiões, pouco sabemos sobre os homens que assumem as rédeas de uma nação e, no caso, ainda menos sobre as mulheres que acompanham cada um deles.

Obama regressa à Casa Branca e faz piadas com óculos escuros e gato de Biden
Obama regressa à Casa Branca e faz piadas com óculos escuros e gato de Biden
Ver artigo

E é precisamente aí que entra a nova série de antologia da HBO Max, que chega à plataforma de streaming já a 20 de abril. "A primeira-dama tem de ser uma mulher especial", ouve-se no trailer.

Mas o que é que isso significa? Em termos práticos, qual é o papel da primeira-dama? Tem ou não uma palavra a dizer sobre as decisões? Como reage perante as adversidades impostas a quem assume as rédeas de uma nação?

Na nova série da HBO Max, as mulheres são o foco de todas as atenções

"The First Lady" arranca com um diálogo entre Amy Sherald (Tiffany Denise Hobbs) e Michelle Obama (Viola Davis). A artista está prestes a pintar um retrato da, à data, primeira-dama, quando faz questão de explicar o porquê de a querer pintar sozinha, sem o marido e presidente dos Estados Unidos por perto, avança o "The Hollywood Reporter".

"A questão é: o presidente, mesmo um presidente negro, é a Instituição", explica. "Não quero pintar o que é oficial. Estou interessada no que é real", remata. E é assim que, logo no arranque do primeiro episódio, entre meia dúzia de palavras, é apresentado o mote desta nova série de antologia.

"The First Lady" abre-nos a porta, as cortinas e as janelas da vida pessoal e política de três mulheres que viveram, plena e efetivamente, no coração da Casa Branca. Isto, "traçando as suas jornadas até Washington, mergulhando nos seus passados e seguindo-as além da Casa Branca nos seus melhores momentos", avança a plataforma de streaming.

Viola Davis é Michelle Obama em "The First Lady"

"Através de histórias entrelaçadas tão íntimas como se as paredes da Casa Branca falassem", a primeira temporada centra-se nas vidas de Eleanor Roosevelt (primeira-dama dos Estados Unidos de 1933 a 1945 e mulher de Franklin Delano Roosevelt), Betty Ford (primeira-dama dos Estados Unidos entre 1974 e 1977, durante a presidência do seu marido, Gerald Ford) e, ainda, Michelle Obama (mulher do 44.º presidente dos Estados Unidos, Barack Obama).

Michelle Pfeiffer dá vida a Betty Ford e Gillian Anderson veste a pele de Eleanor Roosevelt. As três protagonistas surgem idênticas às mulheres a quem dão vida na nova série da HBO Max, mas é Viola Davis quem está no centro das atenções. Porquê? É simples: a atriz surge assustadoramente igual a Michelle Obama no novo poster de divulgação da série. 

"Na Ala Leste do governo, muitas das decisões mais impactantes e que mudaram o mundo foram ocultadas, tomadas pelas carismáticas, complexas e dinâmicas primeiras-damas dos Estados Unidos", avança a HBO Max. Decisões essas retratadas em "The First Lady", série produzida para a Showtime, ao longo de dez episódios. 

"The First Lady" conta ainda com O-T Fagbenle na pele de Barack Obama, Kiefer Sutherland enquanto Franklin D. Roosevelt e Aaron Eckhart como Gerald Ford. Os homens que acompanham as três mulheres no centro da ação. 

Do elenco também fazem parte nomes como Dakota Fanning ("The Alienist") como Susan Elizabeth Ford, Regina Taylor ("I'll Fly Away") como a mãe de Michelle Robinson Obama, Marian Shields Robinson, e Jayme Lawson ("The Batman") como a jovem Michelle Obama.

Cathy Schulman é a produtora executiva desta nova série da HBO Max, ao lado de Susanne Bier e, claro, Viola Davis (da JuVee Productions).

Veja o trailer.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.