Numa altura em que se discute se a Netflix e as restantes plataformas de streaming podem ou não vir a representar a morte do cinema tradicional, 2019 terminou e foi o ano em que mais portugueses foram ao cinema.

Os dados revelados pelo Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) indicam que, entre janeiro e dezembro, foram mais de 15 milhões e meio de espectadores a deslocarem-se até às salas. A afluência originou um aumento natural das receitas de bilheteiras face aos anos anteriores através de filmes como "O Rei Leão" — que foi um dos mais vistos durante o ano.

Cinema Ideal. “A decisão da Netflix de não autorizar a estreia de 'O Irlandês' em Portugal é uma absoluta falta de respeito"
Cinema Ideal. “A decisão da Netflix de não autorizar a estreia de 'O Irlandês' em Portugal é uma absoluta falta de respeito"
Ver artigo

Estes valores representam um aumento de cerca de 5% face aos resultados do ano anterior já que, no total, contabilizaram-se mais de 740 mil entradas e uma receita de 83 milhões de euros, que corresponde a um aumento de 4,4 milhões de euros face à receita de há dois anos.

Os números não deixam margem para dúvidas: 2019 foi mesmo o melhor ano de cinema de sempre, posição reforçada pela NOS Audiovisuais que, em comunicado oficial enviado às redações, garante que "este foi o melhor ano de sempre de cinema desde que há histórico em Portugal".

No cinema português, dados revelados pelo ICA indicam que o mais visto foi "Variações", o filme que aborda a vida e obra de António Variações tal como é entendida pelo realizador João Maia, tendo sido visto por mais de 278 mil espectadores.

No segundo e terceiro lugar encontram-se "Snu", de Patrícia Sequeira, e "A Herdade", de Tiago Guedes — vistos por mais de 82 mil e 74 mil espectadores, respetivamente.

No que toca ao cinema internacional, "O Rei Leão" de Jon Favreau, que recria em live-action uma das histórias animadas mais icónicas de sempre, foi o filme mais visto de sempre em Portugal. Mais até do que "Avatar", do realizador James Cameron, que chegou às salas de cinema em 2009 e mantinha-se, até agora, como o mais visto de sempre.

Mas houve outras grandes produções a levar pessoas às salas de cinemas portuguesas. Mostramos-lhe quais, mas damos-lhe uma pista: os mais populares do ano como "Parasitas" ou "Era Uma Vez... em Hollywood", nomeados para os Óscares, não fazem parte desta lista.

Newsletter

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma magazine para mulheres MAGGníficas. A MAGG faz um apanhado das mais estranhas que encontrámos nos sites das lojas.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.