"Três Homens e um Bebé", comédia de 1987 protagonizada por Tom Selleck, Steve Guttenberg e Ted Danson, vai ter uma nova versão. O remake já está a ser preparado e, embora sem data de estreia, será lançado na plataforma de streaming Disney +.

Pouco se sabe sobre esta nova versão do filme em que três solteirões nova-iorquinos se veem a braços com uma bebé, mas já é conhecido o nome de um protagonista: Zac Efron. O ator de 33 anos está intimamente ligado ao universo Disney, uma vez que protagonizou os três filmes da saga "High School Musical", lançados em TV e no cinema entre 2006 e 2008.

A saga de filmes que contam o dia a dia de vários adolescentes num liceu cheio de música e aventura bateu recordes de audiências televisivas ("High School Musical 2" foi visto, em 2007, por um número recorde de 17,2 milhões de telespectadores), tendo dado origem a um espectáculo musical, que andou em digressão pelos EUA, Canadá e América Latina.

"Três Homens e um Bebé" também é detentor de um recorde. Foi o primeiro filme não animado produzido pela Disney a ultrapassar a barreira dos 100 milhões de dólares em receitas de bilheteira. A trama teve uma sequela em 1990, "Três Homens e uma Menina", com os mesmos protagonistas.

De acordo com o site Deadline, O filme será realizado por Mo Marable e faz parte da extensa lista de remakes, sequelas, prequelas e spinoffs que a Disney está a preparar para os próximos anos. Eis alguns dos principais títulos que vão conhecer uma nova vida na plataforma de streaming.

  • Sequelas
    - "Uma História de Encantar"
    - "Três Bruxas Loucas"
  • Prequelas
    - "O Rei Leão"
    - "A Bela e o Monstro"
    - "101 Dálmatas
  • Remakes
    - "Querida, Encolhi os Miúdos!"
    - "Percy Jackson"
    - "Robin dos Bosques"
    - "O Menino Doutor"
    - "Lizzie McGuire"
    - "Uma Noite no Museu"
    - "Sozinho em Casa"
    - "À Dúzia é mais Barato"
    - "Diário de um Banana"
  • Spinoffs
    - "Monstros e Companhia"
    - "Aladino"

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.