O realizador Luca Guadagnino confirmou ao "USA Today", na noite dos Óscares, 4 de março: "Chama-me Pelo Teu Nome" vai ter uma sequela.

“Já estou a conceber a história com André Aciman [autor do livro com o mesmo nome] e vai acontecer cinco ou seis anos depois”, disse ao jornal norte-americano. “Vai ser um filme novo, com um tom diferente”.

Onde tem de ir para conhecer os locais onde foram rodados os filmes dos Óscares
Onde tem de ir para conhecer os locais onde foram rodados os filmes dos Óscares
Ver artigo

A continuação de “Chama-me Pelo Teu Nome”, que relata a história de amor vivida por Elio (Timothée Chalamet) e Oliver (Armie Hammer) numa pequena vila italiana (Moscazzano, na província italiana de Cremona, na região de Lombardia) vai acontecer “algures nos anos 90” e será inspirada numa parte do livro que não foi retratada no filme. Esta acontece mais tarde, quando os dois protagonistas se reencontram na América.

Os dois atores vão voltar a interpretar os papéis principais. Segundo o realizador, a rodagem da primeira parte foi “maravilhosa”, como se uma “grande família estivesse reunida durante umas longas férias.”

Casa do filme "Call Me by Your Name" está à venda
Casa do filme "Call Me by Your Name" está à venda
Ver artigo

Guadagnino adianta à mesma publicação que a história não terá o mesmo “background”. Ou seja, não vai acontecer na mansão de sonho com 1.400 metros quadrados e assoalhadas que não acabam: “Vão andar à volta no mundo”, disse.

Só quando o guião estiver terminado é que vão começar a planear-se as datas para a rodagem do novo filme.

"Chama-me Pelo Teu Nome" foi um dos filmes na corrida dos Óscares, com nomeações em quatro categorias: Melhor Ator, pela performance de Timothée Chalamet na pele de Elio, Melhor Filme, Melhor Música Original e Melhor Guião Adaptado (que ganhou).

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.