Miley Cyrus pode já não querer ser chamada de Hannah Montana, mas continua a ter o melhor dos dois mundos. É que, além de fazer música e ser extremamente aclamada pelo público, consegue mesmo bater recordes com as suas composições. É o caso do seu êxito mais recente, "Flowers", que foi lançado na sexta-feira, 13 de janeiro, e conta agora com mais de 100 milhões de streams no Spotify.

A cantora atingiu este marco em menos de uma semana, o que é um tempo recorde na história da aplicação de música. Miley Cyrus ultrapassa, então, os feitos de Adele, que tinha arrecadado cerca de 84 milhões de streams na semana em que lançou "Easy On Me", e da banda BTS, cujo single "Butter" contou com mais de 99 milhões nos primeiros sete dias, segundo o "Today".

A Internet tem adorado as desavenças entre Shakira e Piqué. Espreite os 20 melhores memes desta "novela"
A Internet tem adorado as desavenças entre Shakira e Piqué. Espreite os 20 melhores memes desta "novela"
Ver artigo

Ainda que a artista tenha uma legião de fãs assegurada desde os seus tempos no Disney Channel, as razões pelas quais a música ficou tão popular também se devem, efetivamente, ao conteúdo. É que Miley Cyrus, tanto na letra como no videoclipe, foi deixando algumas pistas sobre os tempos em que esteve numa relação com o ator Liam Hemsworth. E não vale a pena mentir: todos nós gostamos de um bom drama.

Miley Cyrus e Liam Hemsworth conheceram-se, em 2009, na rodagem do filme de "A Melodia do Adeus", mantendo, desde então, uma relação intermitente. Casaram-se em dezembro de 2018, numa cerimónia privada, realizada em casa e acabaram por separar-se oito meses depois, em agosto de 2019. Agora, a cantora decidiu que a relação seria o mote da sua nova música, cujas teorias reunimos para si.

A data de lançamento

Todas as especulações sobre as indiretas que Miley estava a lançar ao seu ex-marido começaram, desde logo, com a data de lançamento da música. Anunciada nas redes sociais da artista, "Flowers" foi lançada em todo o mundo no dia 13 de janeiro, data que coincidia com o aniversário de Liam Hemsworth, que fez 33 anos.

A resposta à canção de Bruno Mars

Quase todos conhecemos o êxito de Bruno Mars "When I Was Your Man", que esteve na berra em 2012 – e que, alegadamente, Liam Hemsworth dedicou à cantora no casamento, segundo a revista "Seventeen". Aquando do lançamento de "Flowers", os fãs foram rápidos a juntar as peças do puzzle.

Isto porque, na música, Bruno Mars começa o refrão com o verso: "I should've bought you flowers" ("devia ter-te comprado flores", em português). Miley Cyrus aproveitou a deixa para responder com "I can buy myself flowers" ("eu posso comprar flores para mim", em português), remetendo, então, para a canção que o ex-marido lhe dedicou. E, claro, para mostrar que é uma mulher que não precisa de que um homem faça nada por si.

O fato do ex-marido

No videoclipe, Miley Cyrus canta, dança e desfila com um fato oversized. E, segundo os fãs, o visual também acarreta a sua dose de simbolismo: parece ser uma referência a um dos momentos mais polémicos do casal, durante a passadeira vermelha da estreia de um dos filmes da saga "Vingadores", da Marvel, no qual Liam Hemsworth usou um fato semelhante.

Essencialmente, a cantora estava pronta para lamber a cara do ator, que decidiu pô-la no lugar. "Podes portar-te como deve ser pelo menos uma vez?", leu-se nos lábios de Liam Hemsworth, enquanto estava a ser fotografado. Frustrada, Miley empurrou o antigo companheiro e começou a posar para as câmaras sozinha.

O vestido da (suposta) amante do ex

No que aos visuais diz respeito, o fato não foi a única pista que a artista lançou para o ar. Numa das cenas do videoclipe, em que está a subir uma colina, Miley Cyrus surge com um vestido dourado da casa de luxo Yves Saint Laurent. Porque é que é simbólico? Nós explicamos.

Esta peça foi usada por Jennifer Lawrence na passadeira vermelha da estreia de "Jogos da Fome", em 2012, em que estava ao lado de Liam Hemsworth. Muitos foram os rumores que circularam, na altura, em relação ao facto de o ator ter traído Miley Cyrus com a protagonista do franchise.

O momento viral de outra passadeira vermelha

No mesmo momento em que subia a colina, Miley Cyrus fez uma dança que já não é estranha para ninguém – o seu icónico twerk, desta vez, numa versão mais ligeira. No entanto, mais uma vez, os fãs conseguiram chegar ao cerne da questão e também viram naquele momento uma pista que remetia para uma entrevista do casal, numa passadeira vermelha.

Tudo aconteceu na festa da "Vanity Fair", que aconteceu depois dos Óscares, em 2019, meses antes de se separarem. Miley decidiu, mais uma vez, fazer o tal passinho de dança. O companheiro, como sempre, não gostou da atitude, mostrando a sua reprovação com um revirar de olhos.

A casa onde foi traída

Miley Cyrus filmou o videoclipe numa mansão de sonhos. Tinha piscina e uma vista incrível, mas não foi apenas a estética impecável que fez com que a cantora escolhesse aquela localização. Isto porque, alegadamente, esta foi a casa onde a artista foi traída pelo ator. Mas não foi uma traição qualquer. Várias fontes avançaram que Liam Hemsworth terá levado para lá 14 mulheres.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.