No meio de novos números de infetados, desenvolvimentos ou retrocessos na vacina, vírus, pandemia e confinamento, quase nos esquecemos de assinalar datas que sempre foram ponto assente no calendário. O Dia Mundial da Criança está quase aí, é já 1 de junho, e os planos podem ainda não ter sido definidos, quer por esquecimento ou por falta de segurança.

Fomos, por isso, à procura de espaços que já estão abertos e que garantem todas as condições necessárias para que crianças e adultos possam passar um dia fora de casa e esquecer por breves instantes os meses de confinamento. Não é que nessa temporada a brincadeira tenha ficado de parte, mas agora que os puzzles já foram todos montados e desmontados, é altura de redescobrir o mundo lá fora.

Dos animais ao teatro, mostramos 5 sugestões para um dia diferente — e até com algumas ofertas precisamente para assinar a data (e poupar a carteira dos pais). Não o convidamos a vir connosco, mas sim a ir com os mais novos a qualquer um destes eventos. Ora veja.

1. Oceanário de Lisboa

oceanário
créditos: divulgação

Marcelo Rebelo de Sousa já deixou o convite, depois de ter vivido a experiência: "Pudemos fazer a visita ao mesmo tempo que havia visitantes de várias gerações respeitando as regras de segurança e de saúde pública. Fica aqui feito o que é um convite virado para o futuro também". Se até o presidente, nos seus 71 anos, gosta de visitar o espaço que reabriu a 11 de maio, quanto não gostará uma criança?

Marcelo Rebelo de Sousa passa noite em hotel "para verificar as condições de higiene"
Marcelo Rebelo de Sousa passa noite em hotel "para verificar as condições de higiene"
Ver artigo

Precisamente para incentivar a ida e aliviar os pais que podem ainda estar a passar por um período difícil devido à pandemia, o Oceanário de Lisboa oferece a entrada às crianças (até aos 12 anos), na compra de um bilhete de adulto. A iniciativa pretende assinalar o Dia Mundial da Criança, mas estende-se durante todo o mês de junho.

Está de volta o grande aquário central, as “Florestas Submersas” e a instalação “ONE — o mar como nunca o sentiu”, em frente às quais os miúdos ficam quase petrificados perante todas as espécies marinhas e revelações sobre o fundo do mar.

2. Jardim Zoológico

zoo
créditos: divulgação

Do oceano passamos para a selva, ou, mais propriamente, para o Jardim Zoológico de Lisboa: outro dos locais onde os mais novos ficam encantados ao descobrir toda a diversidade que existe no mundo animal. Também o Jardim Zoológico está a oferecer entradas, mas desta vez o bilhete não vem só.

A Mercantina juntou-se ao Jardim Zoológico para lançar um passatempo cheio de mimos, quer para os mais novos, quer para os adultos. A oferta vai ser sorteada através do Instagram Sónia Morais Santos, mais conhecida por "Cocó na Fralda", e isto é tudo o que pode ganhar: oferta do menu infantil este domingo e segunda, 1 de junho, ao almoço e jantar, um menu de degustação na Mercantina Alvalade ou Chiado, e uma visita ao Jardim Zoológico, para dois adultos e uma criança.

Mulher surda cria máscaras com janela transparente para facilitar comunicação
Mulher surda cria máscaras com janela transparente para facilitar comunicação
Ver artigo

É a desculpa perfeita para passar o Dia Mundial da Criança no Jardim Zoológico, mas também pode guardar as entradas e refeições grátis para mais tarde — válidas até 26 de agosto de 2020.

3. Parques de Sintra

sintra
créditos: José Marques Silva/Facebook

Com a reabertura dos espaços culturais, agora com regras especificas lançadas pela DGS, as visitas no Dia da Criança podem ser feitas de forma mais segura, como é caso das atividades nos Parques de Sintra. No dia dedicado aos mais novos, os bilhetes vão ser gratuitos para crianças até aos 12 anos — um presente que permite passar um dia diferente.

Como? Através da visita aos Palácios Nacionais de Sintra e de Queluz para, finalmente, respirar ar puro e não os cozinhados diários que se fizeram em casa. Aqui, estão agendados momentos de animação e no Parque da Pena vai ser possível fazer passeios de charrete e de pónei.

Além destes, as famílias vão também poder assistir a um teatro de marionetas, no Pátio Central do Palácio Nacional de Sintra, onde será exibida a peça “O Rei Vai Nu”, às 16 horas.

No mesmo dia, 1 de junho, é ainda reaberta a Escola Portuguesa de Arte Equestre, que assinala o momento com o lançamento do espectáculo “Crininhas vai para a Escola”, no Picadeiro Henrique Calado, na Calçada da Ajuda, em Belém, às 11 horas. A sessão é gratuita até aos 12 anos, embora seja necessário fazer previamente uma inscrição: arteequestre@parquesdesintra.pt

4. Centro de Ciência Viva de Aveiro

Centro de Ciência Viva de Aveiro
créditos: Centro de Ciência Viva de Aveiro/facebook

Depois do estudo do meio e da expressão dramática, chega a altura de os mais novos aprenderem sobre ciência no Centro de Ciência Viva de Aveiro, que reabre portas precisamente no Dia Mundial da Criança. Também neste caso há ofertas: o Centro tem um programa de atividades com entrada gratuita ao longo de todo o dia, sendo apenas necessário fazer marcação para que haja uma melhor gestão da lotação do espaço, de forma a cumprir com as normas da DGS.

Preparar e saborear um gelado científico, fazer bolhas de sabão no laboratório, construir e programar robôs, pôr à prova o raciocínio lógico com jogos de tabuleiro, e ainda visitar uma exposição sobre mundo radiofónico, são algumas das atividades dedicadas aos miúdos — que, quem sabe, podem descobrir nesta visita a futura vocação.

5. SEA LIFE Porto

SEA LIFE Porto
créditos: SEA LIFE Porto/Facebook

Os peixes palhaço, a gigante tartaruga Mariza e polvo Paulo são três das espécies que voltam a poder ser vistas já a 1 de junho de forma a assinalar o Dia Mundial das Crianças. O uso de máscara é obrigatório e a lotação é limitada, mas nada disso impede de voltar a ver, com calma e segurança, as mais de 3 mil espécies e diversos detalhes das criaturas marinhas do SEA LIFE Porto.

No mesmo dia da reabertura de portas, é também lançada uma novidade online: uma visita 360º, completamente gratuita.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.