Que atire a primeira pedra o pai ou a mãe que já não recorreu ao tablet ou ao telemóvel para distrair os mais pequenos ou cedeu à pressão para comprar aquele jogo de consola. Mas, e independentemente da tecnologia fazer parte da vida das crianças, há muitas alternativas — e cada vez mais giras — para os seus filhos fazerem um detox dos ecrãs.

Brinquedos, roupa ou comida. 16 associações de norte a sul onde pode deixar o seu donativo este Natal
Brinquedos, roupa ou comida. 16 associações de norte a sul onde pode deixar o seu donativo este Natal
Ver artigo

E que tal serem os mais novos os protagonistas de histórias de aventura? Esta é a proposta da Pick My Hero, uma marca dedicada a criar livros personalizáveis (a partir de vários histórias base à escolha), com ilustrações pintadas à mão e feitos a partir de materiais recicláveis.

Outra proposta vencedora são os objetos que dão azo às clássicas brincadeiras de "faz de conta": deixe-os imaginar que são os próximos chefs de estrela Michelin com cozinhas de madeira, frutas e legumes vários ou até ver se têm jeito para a decoração com casas de bonecas mobiladas.

Experiências científicas ou descobrir mais sobre o corpo humano também são ideias de valor — e a Science4you tem um sem número de propostas —, ou deixe-os brincar no interior, agora que os dias estão mais frios, em parque de aprendizagem ou mesas multiusos.

A imaginação é o limite e o seu orçamento também, por isso espreite as nossas sugestões a partir de 9,99€.

Na fotogaleria, veja 12 sugestões de brinquedos para deixar de lado a tecnologia

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.