Como forma de tirar algum peso da linha de Saúde 24, bem como de hospitais, centros de saúde e clínicas, médicos e enfermeiros de todo o País voluntariam-se para acompanhar pessoas que suspeitem estar infetadas com COVID-19. Chama-se #TodosPorUm e resulta de uma parceria entre a Lusíadas Saúde e a Outsystems.

O sistema é simples: só tem de descarregar a aplicação gratuita, responder a perguntas automáticas para uma primeira avaliação dos sintomas e mediante o caso poderá ser remendada uma avaliação médica. Também este processo é feito de forma automática, sendo o paciente reencaminhado para um chat com um profissional de saúde que é responsável por acompanhar o processo e dar as orientações clínicas necessárias naquele momento.

"Esta aplicação, que estamos a desenvolver em forte colaboração com o Grupo Lusíadas Saúde, vai ser muito significativa para todas as pessoas que estão neste momento isoladas e a questionar o seu estado de saúde. De forma a evitar que estas se dirijam imediatamente ao hospital, sem antes terem um primeiro aconselhamento de profissionais de saúde, criámos em apenas 4 dias uma aplicação que permitirá ter um canal de comunicação direto com médicos e enfermeiros", refere Paulo Rosado, CEO da OutSystems.

COVID-19. Portugal entra à meia-noite na fase de mitigação. Afinal, o que vai acontecer?
COVID-19. Portugal entra à meia-noite na fase de mitigação. Afinal, o que vai acontecer?
Ver artigo

A nova plataforma é uma forma de descansar a sua preocupação com sintomas como uma tosse ligeira que pode até não ter nada que ver com o COVID-19, mas nada melhor do que confirmar de forma a prevenir um quadro mais grave do desenvolvimento do vírus.

Contudo, se o profissional de saúde suspeitar que pode estar contaminado, este pode recomendar ao doente que contacte a Saúde 24 ou que se desloque a uma unidade de saúde. "A Lusíadas enfatiza que a aplicação móvel não substitui cuidados de saúde regulares ou de emergência médica. Se estiverem muito doentes, obviamente devem tomar as medidas necessárias já preconizadas previamente", refere o comunicado.

A app não fica pelas recomendações. De forma a esclarecer outras questões mais simples, na área "dúvidas frequentes" vão estar as respostas a várias inquietações de comunidade com base em informações credíveis da área da saúde.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.