Como muitos portugueses, Janine Medeira, 38 anos, está em casa de quarentena com os filhos e mal se viu com tempo livre tentou ocupá-lo. "Sou uma pessoa muito ativa, sempre cheia de ideias. E quando pensei 'meu Deus, o que é que eu vou fazer 15 em casa?', porque os miúdos vão estar em casa até dia 13, lembrei-me: 'Vou arrumar a despensa, depois vou arrumar o frigorífico'", conta à MAGG.

Da organização da casa, passou então para a organização do movimento AQORDA que lançou esta segunda-feira, 16 de março, no Instagram e incentiva mais pessoas na mesma situação a manterem-se ativas e não passarem o dia a ver séries e filmes no sofá. Foi então que Janine decidiu "acordar as pessoas para a vida" cuja sigla além de ter um significado literal, passa uma mensagem.

"Aproveita a Quarenta e Organiza Desde Agora". O movimento começou com o desafio "Faz o inventário e organiza a despensa" — o primeiro de vários relacionados com organização que vão surgir todos os dias de manhã. "Há uns desafios que são um pouco mais difíceis e demoram mais tempo e outros mais leves, porque as pessoas também estão com as crianças em casa e não podemos estar a deixar as pessoas cansadíssimas."

#FestivalEuFicoEmCasa. Artistas portugueses juntam-se e vão dar 78 concertos no Instagram
#FestivalEuFicoEmCasa. Artistas portugueses juntam-se e vão dar 78 concertos no Instagram
Ver artigo

O segundo desafio do movimento dá seguimento ao inventário e organização, mas desta vez no frigorífico, e o terceiro consiste em fazer um inventário de todos os alimentos que temos em casa e planear refeições com os mesmos. "A maioria de nós temos tanta coisa nos armários e no fundo da despensa, que muitas pessoas compraram coisas de que nem precisavam se tivessem feito este inventario antes", refere Janine.

Por isso, esta é a melhor altura para planear receitas onde possa usar os alimentos que se aproximam do fim do prazo de validade e deixar as latas de atum e frascos de grão que comprou a mais antes da quarentena para mais tarde. "No fundo, é uma ideia de não desperdício e para as pessoas não ficarem aflitas de 'agora vou ficar sem comida'".

Contudo, o desafio de sábado vai ser o dia de exceção: não é para colocar as pessoas a mexer, mas sim para que não se esqueçam de que esta é também uma altura para desfrutar do tempo livre e, por exemplo, ver as suas séries preferidas.

COVID-19. Guia com dicas para não procrastinar em casa e ser mais produtivo no teletrabalho
COVID-19. Guia com dicas para não procrastinar em casa e ser mais produtivo no teletrabalho
Ver artigo

"A ideia é que as pessoas organizem a sua vida e que quando tudo isto termine pensem: 'Pelo menos alguma coisa de útil foi feita'. Nós vamos todos começar de novo e que se comece com uma vida organizada", diz Janine.

Ainda só passou um dia e foram várias as fotografias de prateleiras arrumadas e listas feitas que a autora do blogue "Poupadinhos e Com Vales" recebeu. Há até quem mesmo tendo de trabalhar, se entretanto não ficar de quarentena, já tenha dito que vai aplicar os desafios no fim de semana.

Esta é uma forma de os adultos passarem o tempo sem ter de deixar os filhos de fora: "Algumas pessoas aproveitaram as crianças em casa para escrever a lista com os enlatados, as farinhas e o açúcar que têm".

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.