Num scroll rápido pelo Instagram, quase que somos levados a pensar que se o planeta fosse uma rede social, não havia cá buraco de ozono. Principalmente agora durante a quarentena, altura em que cada vez mais pessoas decidiram aproveitar o tempo em casa para mudar alguns dos hábitos menos amigos do ambiente.

Há quem tenha começado a fazer detergentes em casa e quem tenha começado a tomar banhos mais rápidos. Há os que decidiram organizar o frigorífico ou os que passaram a fazer sopa com os talos de couve que dantes deitavam ao lixo.

Esta onda sustentável já tem números que a comprovem. As pesquisas por “how to live a sustainable lifestyle” (como viver uma vida mais sustentável, em português) aumentaram 4.550% nos últimos 90 dias, revela a Google, que disponibiliza uma plataforma que permite medir o impacto das nossas ações no planeta.

Sabia, por exemplo, que deixar o computador ligado à corrente, mesmo que esteja num estado de hibernação, pode resultar num consumo de 57 kWh de energia por ano. Ou que usar a máquina de lavar usa metade da energia e um terço da água do que lavar à mão?

Estas são algumas das dicas que encontra no Your Plan, Your Planet, que, na verdade, mais parece um jogo. Funciona como um simulador online que ajuda a perceber quais os consumos de recursos que fazem em casa, sobretudo ao nível da água, da energia e dos alimentos.

E mesmo que já seja o rei da poupança de energia, pode sempre fazer mais. Por exemplo, tirar três minutos ao tempo que costuma levar a tomar banho equivale à poupança de 40 banheiras cheias de água por ano.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.