Chama-se Quake, acaba de ser lançado e é o novo jogo criado para o Instagram que leva o jogador a reviver o 1 de Novembro de 1755, dia do terramoto que praticamente destruiu a cidade de Lisboa.

O jogo interativo vai colocá-lo na pele de Manuel Queiroz, um lisboeta que tenta sobreviver ao terremoto e à sequência de acontecimentos do sismo. Ao longo dos 15 níveis do jogo, que é uma simulação em "tempo real" do dia que mudou o coração de Portugal, vai ser desafiado a  fazer escolhas que o irão levar até aos dilemas vividos pelos lisboetas da época. As decisões que tomar irão determinar a sua sobrevivência. Se conseguir sobreviver ao dia que destruiu Lisboa, receberá um prémio no final.

Pode jogar o jogo aqui, basta clicar na primeira publicação. Todas as regras de participação, bem como os prémios estão no regulamento do jogo disponíveis na página de Instagram. Na verdade só precisa de ter mais de 18 anos, jogar entre os dias 1 a 30 de novembro e, no fundo, sobreviver. Parece fácil?

Muito mais do que o um jogo interativo para divertir os mais curiosos, o Quake tem como missão dar a conhecer, através do entretenimento, da História e da Ciência aquilo que foi efetivamente o desastre natural que assombrou a população de 1755 (e ainda vai testar os seus conhecimentos).

“Uma das missões do Quake é ensinar os portugueses a estarem mais preparados para um futuro terramoto. Esta é uma das ideias que refletem perfeitamente o espírito da marca, pois junta o lado didático ao entretenimento. Usando o léxico dos tremores de terra, é uma ideia de grande impacto”, explica Ricardo Clemente, fundador do Quake.

terramoto

Na verdade, o primeiro terramoto vivido no Instagram, o Quake, também é um espaço importante que inaugurou em Abril deste ano - o Centro do Terramoto em Lisboa. Assim como o jogo, o centro procura mostrar as consequências deste tipo de evento e como os mesmos podem mudar o curso da história da humanidade através de simuladores, video-mapping e tecnologia 4D interativa.

O terramoto de Lisboa de 1 de novembro de 1755 foi um trágico desastre natural que terá provocado entre 10 e 15 mil mortos. Mais de 85% dos edifícios da capital foram destruídos ou ficaram gravemente danificados, em consequência do maremoto e do incêndio que se seguiram enquanto a terra tremia durante vários minutos na capital portuguesa.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.