A partir desta segunda-feira, 12 de julho, a aplicação Youtube em Portugal ganha uma nova funcionalidade. Shorts, uma nova plataforma do Google inserida na tão conhecida plataforma de streaming de vídeos Youtube, vem acompanhar o conceito do TikTok e do Instagram Reels, com vídeos até 60 segundos, em formato vertical.

Esta chef tornou-se viral no TikTok ao recriar as comidas de "A Dama e o Vagabundo" e "Os Simpsons"
Esta chef tornou-se viral no TikTok ao recriar as comidas de "A Dama e o Vagabundo" e "Os Simpsons"
Ver artigo

Ao contrário do TikTok, para utilizar o Youtube Shorts não vai ser preciso instalar uma aplicação extra no seu telemóvel. Atualmente, está apenas disponível em Portugal em versão beta (versão de teste), mas já é possível interagir com a funcionalidade, desde que tenha a aplicação do Youtube atualizada.

Segundo o Google, a ideia é conseguir criar uma ligação entre o conteúdo Shorts e o restante conteúdo da aplicação Youtube. “Por exemplo, se ouvir um excerto de uma música no Shorts, poderá facilmente encontrar a música completa, assistir ao videoclipe ou aprender mais sobre o artista – tudo no YouTube“, avançou a empresa ao "Observador".

À semelhança do que já acontece no Instagram Reels e no TikTok, Shorts conta com várias ferramentas de edição, como adição de filtros, texto ou música. A partir de agora, sempre que um usuário do Youtube fizer o upload de um vídeo vertical com 60 segundos ou menos, vai ter a opção de carregar o vídeo nesta nova versão.

O Youtube está a trabalhar nesta novidade desde o início de 2020. O Youtube Shorts foi lançado na Índia em setembro do ano passado, onde o TikTok foi banido, e tem sido um autêntico sucesso. Chegou aos Estados Unidos em março de 2021 e agora a Portugal.

Dadas as semelhanças com a aplicação TikTok, resta saber se o Youtube Shorts vai conseguir conquistar os portugueses e consagrar-se um rival à altura.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.